Crédito Agrícola reforça canais digitais da área seguradora com lançamento de nova app

A CA Seguros, seguradora Não Vida do Grupo Crédito Agrícola, lançou uma nova aplicação para smartphones, para responder ao atual contexto de isolamento social como forma de combate à propagação do coronavírus.

A CA Seguros, seguradora Não Vida do Grupo Crédito Agrícola, lançou uma nova aplicação para smartphones – a app CA Seguros, anunciou o grupo Crédito Agrícola em comunicado. A instalação da app está disponível para dispositivos iOS na App Store e Android na Google Play.

O grupo realça que assim reforça os canais digitais “numa altura em que importa evitar deslocações dos clientes ao exterior em virtude do estado de Emergência decretado pela Assembleia da República”.

“Com a nova aplicação, os Clientes podem consultar os seus seguros e documentos, bem como actualizar os seus dados pessoais, simular e subscrever apólices e, em caso de acidente, efectuar a participação de sinistros e solicitar assistência, sem sair de casa”, anuncia a instituição.

“Através da geolocalização da rede de parceiros, os Clientes CA Seguros encontram as clínicas/hospitais mais próximas do seu local de preferência e têm acesso ao cartão virtual CA CliniCard. As funcionalidades estão igualmente disponíveis para apólices que, não sendo tituladas pelo Cliente, sejam autorizadas pelo respectivo titular”, refere a CA Seguros.

Recomendadas

ASF recomenda que gestoras de fundos não distribuam dividendos

A queda dos mercados financeiros não dá tréguas aos fundos de investimento e aos fundos de pensões. A ASF diz que será essencial que as entidades gestoras informem os participantes acerca do potencial montante de perda causado pelos reembolsos,

Fidelidade e Médis com serviços de assistência em casa em tempo de Estado de Emergência

A Fidelidade oferece assistência ao lar a Profissionais de Saúde e a Médis surge com um serviço de entrega de medicamentos ao domicílio sem custos para o cliente.

Banca reduziu malparado em 4,5 mil milhões no último trimestre do ano passado

Os bancos a operar em Portugal reduziram a carteira de créditos não performantes em 20,9% entre setembro e dezembro de 2019.
Comentários