Crise no Sporting: quatro elementos do conselho diretivo já se demitiram

O conselho diretivo do Sporting Clube de Portugal está reunido em Alvalade. Em causa poderá estar a demissão de todos os elementos da direção. A “SIC Notícias” avança que quatro membros do conselho diretivo já apresentaram a demissão.

Relacionadas

PremiumCrise no Sporting: órgãos sociais anteciparam demissões que iriam ocorrer após final da Taça

Demissões no Conselho Fiscal e Assembleia Geral já estavam planeadas ainda antes dos incidentes em Alcochete, segundo fonte próxima ao processo. Com o agravamento da crise no Sporting CP, decisão ia ser anunciada depois da final da Taça de Portugal mas acabou por ser antecipada.

Crise no Sporting: processo disciplinar instaurado a Bruno de Carvalho

Medida foi instaurada esta manhã contra o presidente do clube de Alvalade. Decisão surgiu momentos antes dos próprios membros da Assembleia Geral se demitirem em bloco.

Mesa da Assembleia-Geral do Sporting demite-se

O presidente e vários membros do Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting também apresentaram hoje a demissão e apelaram ao presidente do clube lisboeta, Bruno de Carvalho, e à restante direção que renunciem também aos cargos.

Bas Dost está “chocado” mas agradece aos “verdadeiros adeptos do Sporting”

Em comunicado, o avançado holandês refere que “ainda está chocado” com os acontecimentos de terça-feira “feito por elementos criminosos”.
Recomendadas

Figo discute com deputado espanhol no Twitter. “Paguei mais ao Fisco a dormir que tu acordado”

Na rede social, Luís Figo acusou o deputado do ERC Gabriel Rufián de falta de seriedade e de não apresentar propostas. O político respondeu ao lembrar que Figo foi apanhado pelo Fisco, em 2012. O português foi condenado a pagar 2,4 milhões de euros ao Fisco espanhol, por rendimentos obtidos, mas não declarados, em 1997, em 1998 e em 1999.

Vitória de Guimarães vai ter maioria da SAD após acordo com Mário Ferreira

Num comunicado publicado no sítio oficial, o clube minhoto refere que “formalizou um contrato com a Mário Andrade Ferreira, S.A.” para “adquirir, de modo faseado”, até 31 de março de 2022, a “totalidade das ações representativas do capital social da Vitória Sport Clube – Futebol SAD”, por um preço total de 6,5 milhões de euros.

Liga Portugal quer estádios de futebol com até 30% da lotação

A diretora executiva do organismo Sónia Carneiro diz que a ida passa por fazer jogos testes de forma evolutiva com o objetivo de ter cinco mil adeptos nas bancadas.
Comentários