CTT reorganizaram canais de apoio ao cliente

Operadora postal criou duas novas linhas de apoio ao cliente, uma para clientes particulares e outra para empresas-clientes, e reformulou a Linha de Apoio ao Cliente Payshop, renomeando-a de Linha de Serviços de Pagamento, destinada para informações sobre payshop e cobrança de portagens.

Cristina Bernardo

Como forma de simplificar e com o objetivo de tornar o serviço mais eficiente, os CTT – Correios de Portugal simplificaram os canais de apoio ao cliente, segundo uma nota enviada à redação esta terça-feira, 7 de julho.

Desde o dia 1 de julho que a operadora postal tem duas linhas telefónicas exclusivas e com horário uniformizado para o clientes particulares e empresas-cliente, nomeadamente a Linha Serviços de Correio e Expresso para o cliente particular e Linha Serviços Empresariais para as empresas. A empresa diz que a reorganização dos canais de apoio permite “um atendimento mais direcionado e especializado”.

Para os clientes particulares, a nova linha de apoio ao cliente está aberta todos os dias úteis, entre as 8h30 e as 19h30. A linha está disponível através do número 21 047 16 16, cuja chamada tem o mesmo preço que uma chamada para a rede fixa. Esta linha pode dar informações sobre o envio e recebimento de correio, sobre soluções de poupança, seguros e transferências, bem como sobre produtos e serviços de filatelia, o ViaCTT e caixa digital.

Já os clientes empresariais têm agora um único número, o 707 200 115, para todos os serviços empresariais. A linha está disponível nos dias úteis das 8h30 às 19h30, onde os clientes empresariais, com e sem vínculo contratual, podem solicitar marcação de serviços, seguir ou alterar encomendas, solicitar informações sobre novos produtos e serviços, esclarecimentos sobre faturação.

Os CTT criaram, ainda, a Linha Serviços de Pagamento (antiga Linha de Apoio ao Cliente Payshop), disponível através do número 707 100 174, onde se inclui o serviço de cobrança de portagens que anteriormente estava integrado na Linha CTT. Esta linha está disponível das 8h30 às 19h30 e deve ser utilizada para informações sobre os produtos e serviços de cobrança de portagens e para informações sobre Payshop.

 

Ler mais
Recomendadas

Vendas do dono do Minipreço cresceram 6,3% no segundo trimestre de 2020

As vendas comparáveis (‘like-for-like’) do grupo de distribuição que opera em Portugal, Espanha, Brasil e Argentina registou um aumento de 14,9% no período em análise face ao segundo trimestre de 2019, “com todos os mercados positivos pela primeira vez desde o 4º trimestre de 2016”.

Lucro da Deutsche Post DHL cresce 15% para 525 milhões de euros no segundo trimestre de 2020

A receita da DHL ascendeu aos 15,96 mil milhões de euros, o que representa um crescimento de 3,1% face a igual período de 2019. Já o lucro operacional melhorou 18,6%, para 912 milhões de euros, entre abril e junho.

CTT regista prejuízo de dois milhões de euros no primeiro semestre de 2020

Prejuízo foi justificado com a evolução negativa do lucro antes de juros e imposto de renda (EBIT), “parcialmente compensada pelo comportamento imposto sobre o rendimento do período”. Os rendimentos operacionais também decresceram, devido ao impacto da pandemia da Covid-19.
Comentários