Cuidado com os esquemas de falsos acidentes: PSP deixa alerta

Em muitos casos, os suspeitos chegam a provocar danos no carro da vítima para credibilizar o acidente que nunca aconteceu. Saiba como identificar que está a ser alvo de fraude.

A Policia de Segurança Pública (PSP) revelou que já registaram mais de 30 casos de burlas referentes a falsos acidentes. A burla consiste em tentar que pessoas paguem o dano das viaturas dos burlões, segundo a TVI24.

Em muitos casos os suspeitos chegam a provocar danos no carro da vítima para credibilizar o acidente que nunca aconteceu. A PSP já identificou nove pessoas, e duas delas encontram-se detidas.

A PSP afirma que “os suspeitos selecionam as suas vítimas em parques de estacionamento, seguindo-as quando iniciam a sua marcha”, uma vez que se encontrem em perseguição às vítimas os suspeitos .

“Após alguns instantes, seguindo atrás das vítimas, buzinam insistentemente e tentam que estas parem para iniciar um diálogo. Acusam as vítimas de provocarem danos nas suas viaturas (por distração ou durante a realização de manobras), exercendo pressão e tentando intimidar, com o intuito de que lhes seja dada uma certa quantia em dinheiro para arranjo dos danos (supostamente provocados pela vítima)”, descreve a PSP.

Depois, tendem a “alegar que estão com pressa e que não podem esperar pela Polícia ou pelo preenchimento de declaração amigável”.

A PSP aconselha os condutores a “não entrarem em acordo com um individuo que pede dinheiro” sem que as autoridades estejam presentes. Normalmente a chamada das autoridades ao local acaba por dissuadir os burlões, que abandonam o local prontamente.

No caso de ser vítima de uma tentativa de burla deste género, a PSP pede para apontar os dados da viatura, mais concretamente, matrícula, marca, modelo e cor, para facilitar a denúncia da situação.

 

Ler mais
Recomendadas

Saiba quais são as alternativas ao uso da caderneta bancária

Tem caderneta bancária? Se é utilizador de caderneta bancária, desde 14 de setembro, que deixou de poder fazer levantamentos e transferências. A utilização da caderneta está limitada à consulta de movimentos e saldo bancário. Informamos os consumidores sobre como fazer levantamentos ou transferências? Como alternativa, pelo menos, para já, os consumidores terão de fazer os […]

Como se candidatar ao Porta 65 Jovem? Siga estes passos

Portal da Habitação revela que é dada prioridade aos candidatos ou agregados com rendimentos mais baixos, sendo que o rendimento mensal do jovem ou do agregado não pode ser superior a quatro vezes o valor da renda máxima admitida para cada zona.

Preço das casas em Portugal subiu 10,1% no segundo trimestre

Valor é comparativo ao mesmo período de 2018, sendo que face ao primeiro trimestre de 2019, o crescimento foi de 0,9 pontos percentuais. Entre abril e junho foram transacionadas 42.590 habitações.
Comentários