Custo dos transportes já sobe desde dezembro de 2017 na Madeira

Os transportes tiveram uma variação de 6,5% em 2018, enquanto que o serviços de transportes registaram um aumento de 17,3%. Os restaurante e hotéis também ficaram mais caros na Madeira.

O custo dos transportes já sobe desde dezembro de 2017, na Madeira, de acordo com os dados da Direção Regional de Estatística (DREM), que fixou a variação média registada pelo Índice de Preços no Consumidor (IPC) no ano de 2018 em 2,3%.

Em 2018, diz a DREM, os transportes tiveram uma variação positiva de 6,5%, e a subcategoria dos serviços de transporte foi a que registou uma maior variação com 17,3%,  quando comparado com o período homólogo.

Os Restaurantes e hotéis registaram uma subida de 5,3%, um dos sectores que registou uma das maiores subidas desde o ano de 2017.

Os dados da DREM mostram também que a classe de Vestuário e Calçado e a classe de Acessórios para o Lar, Equipamento Doméstico e Manutenção Corrente da Habitação foram as únicas a registarem variações negativas com -1,4% e -1,2% respetivamente.

Quando comparamos com a média do país, onde a taxa foi de 1%, podemos verificar que esta foi superior em 1,3%.

Recomendadas

Exportações e importações sofrem forte abrandamento na Madeira

Em outubro as exportações subiram 26,8%, na Madeira, em contraste com os 32,8% do mês anterior. As importações cresceram 18,2%, uma taxa inferior aos 25,1% em comparação com o mês anterior.

Média de espetadores no Teatro Baltazar Dias chega aos 61%

O teatro municipal subiu a média de espectadores de 51% para os 61%, para os 46 mil espectadores, disse Paulo Cafôfo, presidente da Câmara Municipal do Funchal, durante a apresentação da revista CULTA.

Já viu uma tabela periódica humana? A Escola Jaime Moniz vai criar uma

A iniciativa insere-se na comemoração do ano internacional da tabela periódica decretado pela assembleia geral das Nações Unidas.
Comentários