Custo dos transportes já sobe desde dezembro de 2017 na Madeira

Os transportes tiveram uma variação de 6,5% em 2018, enquanto que o serviços de transportes registaram um aumento de 17,3%. Os restaurante e hotéis também ficaram mais caros na Madeira.

O custo dos transportes já sobe desde dezembro de 2017, na Madeira, de acordo com os dados da Direção Regional de Estatística (DREM), que fixou a variação média registada pelo Índice de Preços no Consumidor (IPC) no ano de 2018 em 2,3%.

Em 2018, diz a DREM, os transportes tiveram uma variação positiva de 6,5%, e a subcategoria dos serviços de transporte foi a que registou uma maior variação com 17,3%,  quando comparado com o período homólogo.

Os Restaurantes e hotéis registaram uma subida de 5,3%, um dos sectores que registou uma das maiores subidas desde o ano de 2017.

Os dados da DREM mostram também que a classe de Vestuário e Calçado e a classe de Acessórios para o Lar, Equipamento Doméstico e Manutenção Corrente da Habitação foram as únicas a registarem variações negativas com -1,4% e -1,2% respetivamente.

Quando comparamos com a média do país, onde a taxa foi de 1%, podemos verificar que esta foi superior em 1,3%.

Recomendadas

Saiba como preencher uma queixa no livro de reclamações

Há vários meios para reclamar: o contacto direto com o vendedor/prestador de serviços, o envio de carta registada com aviso de receção ou a queixa no livro de reclamações.

Partidos da oposição na Madeira consideram níveis de pobreza na Região elevados

“A economia está a crescer, estamos a produzir mais e a criar mais riqueza, , mas, por outro lado, as desigualdades também estão a agravar-se”, afirma Rui Barreto.

Banana e pesca com quebras de produção na Madeira

Na agricultura da Madeira verificou-se ainda quebras na produção de batata e de cana-de-açúcar . Na pesca o atum e similares, caiu 9,1%, enquanto que o peixe de espada preto subiu 1,7%.
Comentários