Custo dos transportes já sobe desde dezembro de 2017 na Madeira

Os transportes tiveram uma variação de 6,5% em 2018, enquanto que o serviços de transportes registaram um aumento de 17,3%. Os restaurante e hotéis também ficaram mais caros na Madeira.

O custo dos transportes já sobe desde dezembro de 2017, na Madeira, de acordo com os dados da Direção Regional de Estatística (DREM), que fixou a variação média registada pelo Índice de Preços no Consumidor (IPC) no ano de 2018 em 2,3%.

Em 2018, diz a DREM, os transportes tiveram uma variação positiva de 6,5%, e a subcategoria dos serviços de transporte foi a que registou uma maior variação com 17,3%,  quando comparado com o período homólogo.

Os Restaurantes e hotéis registaram uma subida de 5,3%, um dos sectores que registou uma das maiores subidas desde o ano de 2017.

Os dados da DREM mostram também que a classe de Vestuário e Calçado e a classe de Acessórios para o Lar, Equipamento Doméstico e Manutenção Corrente da Habitação foram as únicas a registarem variações negativas com -1,4% e -1,2% respetivamente.

Quando comparamos com a média do país, onde a taxa foi de 1%, podemos verificar que esta foi superior em 1,3%.

Recomendadas

Madeira em alerta devido à chuva até terça-feira

O aviso de chuva inclui a costa norte e sul, as regiões montanhosas, e o Porto Santo.

Coronavírus: madeirense entrega pedido de ‘habeas corpus’ no tribunal por se recusar a cumprir quarentena obrigatória

Trata-se de uma cidadã madeirense que chegou à região no domingo, e se recusou a cumprir quarentena obrigatória em unidade hoteleira. Atualmente quem chegue à Madeira cumpre quarentena a não ser que tenha realizado um teste, com resultado negativo, nas últimas 72 horas.

PS Madeira pede reabertura dos serviços de urgências do norte da ilha

Os socialistas madeirenses referem que a costa norte da Madeira está sem serviços de urgências numa altura em que a região está em fase de desconfinamento.
Comentários