Custos de construção de habitação nova crescem 2,2% em fevereiro

Em termos mensais, a variação do indicador foi de 0,7%, contando com o contributo positivo de ambas as componentes do índice, o custo dos materiais e o da mão-de-obra.

Cristina Bernardo

Os custos de construção de habitação nova aumentaram 2,2% em fevereiro, comparando com o período homólogo de 2020, o que representa uma subida de 0,6 pontos percentuais (p.p.) em relação ao registado no mês de janeiro.

Segundo os dados revelados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o custo dos materiais cresceu 2,7% no período em análise, o que compara com os 2,3% registados em janeiro. Quanto ao custo da mão-de-obra, esta subiu 1,5%, acima dos 0,5% de janeiro. A publicação do INE sublinha que esta primeira componente contribuiu com 1,6 p.p. do resultado final, enquanto que os restantes 0,6 p.p. resultam da variação na mão-de-obra.

Numa análise em cadeia verifica-se que o indicador variou 0,7% em fevereiro, o que fica acima dos 0,5% de janeiro. Ambas as componentes do índice registaram variações positivas, com o custo dos materiais a subir 0,4% e o da mão-de-obra 1,1%. O resultado final foi alcançado com o contributo de 0,5 p.p. dos materiais e 0,2 p.p. da mão-de-obra.

Recomendadas

Notícias sobre a morte do carvão ainda são exageradas

O uso do carvão para a produção de eletricidade está a acabar em Portugal e em declínio no mundo ocidental, mas vai voltar a aumentar na Ásia.

Mais de metade das embalagens de pesticidas por recolher em 2020, alerta Zero

Mais de metade das embalagens de pesticidas ficaram por recolher em 2020, representando cerca de 480 toneladas, alertou este domingo a associação ambientalista Zero em comunicado.

Perdas de empresa de Luís Filipe Vieira custam 181 milhões de euros aos contribuintes

Entre julho de 2016 e até final de 2018, os créditos da Promovalor deram ao Novo Banco perdas de 181 milhões de euros, mas como estes créditos estavam abrangidos pelo Acordo de Capitalização Contingente (ACC), foram os contribuintes que tiveram de pagar ao NB.
Comentários