De Sócrates a Guterres: porque pagamos 6 milhões anuais em subvenções vitalícias

Por mês, os ex-políticos que recebem a subvenção na sua totalidade ou mensalmente recebem um total de 513,35 mil euros. Por ano, este valor atinge os 6,165 milhões de euros, pagos pelos contribuintes portugueses. Mas afinal, porque pagamos subvenções vitalícias a ex-políticos?

Relacionadas

Ex-governantes portugueses em Macau já receberam 4 milhões em subvenções vitalícias

Na lista de ex-políticos que se encontra com o status de ‘ativo’ na lista de beneficiários de subvenções vitalícias, a média de remunerações é de 2.214 euros mensais. Ex-políticos recebem mais de seis milhões de euros por ano.

318 ex-políticos recebem subvenções vitalícias. Lista inclui Sócrates, Duarte Lima e Armando Vara

Veja a lista das subvenções mensais vitalícias que contém um total de 318 ex-políticos de diversos partidos políticos.
Recomendadas

Eleições antecipadas poderiam causar “dano sério ao país”, diz ex-ministro Vieira da Silva

Em entrevista à rádio “Antena1” e ao “Jornal de Negócios”, o antigo ministro do Trabalho considera que os partidos têm de saber fazer a conciliação entre os interesses de manutenção da sua influência e afirma que a discussão sobre a legislação laboral não devia ser confundida com a do OE.

Pedro Reis: “Há desafios que se colocam aos economistas que há pouco tempo não existiam”

Em entrevista à plataforma multimédia JE TV, o ex-presidente da AICEP e candidato a bastonário da Ordem dos Economistas, destacou os desafios que se colocam à economia portuguesa e aos economistas que “não existiam há muito pouco tempo e que não têm necessariamente a ver com a pandemia”.

Liga 3: Como reduzir o fosso entre amadorismo e profissionalismo? Veja o “Jogo Económico” com Hélder Postiga

Acompanhe o “Jogo Económico” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.
Comentários