“Declaração de guerra contra o reino”: Arábia Saudita e Qatar em crise diplomática sem fim à vista

O Qatar nega veementemente as acusações que lhe são imputadas e acusa a Arábia Saudita de estar constantemente a inventar mentiras para minar as relações no Médio Oriente.

9. Arábia Saudita

É um novo capítulo na história da crise diplomática no Golfo Pérsico, que continua sem fim à vista. Depois de vários países muçulmanos terem fechado fronteiras e barrado as trocas de mercadorias com o Qatar, a Arábia Saudita voltou a tecer duras críticas às ações do emirado, dizendo que os incentivos efetuados à internacionalização dos locais de peregrinações são “uma declaração de guerra”.

“As tentativas do Qatar de internacionalizar os seus lugares sagrados são agressivas e uma declaração de guerra contra o reino”, afirmou o ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita, Adel al-Jubeir.

Por sua vez, o ministro dos Negócios Estrangeiros do Qatar, sheikh Mohammed bin Abdulrahman al-Thani, acusa a Arábia Saudita de estar constantemente a inventar mentiras para minar as relações no Médio Oriente e nega veementemente as acusações que lhe são imputadas.

“Estamos cansados ​​de responder a informações falsas e histórias inventadas do nada”, disse Sheikh Mohammed bin Abdulrahman al-Thani.

Este domingo, a Arábia Saudita, o Bahrein, os Emirados Árabes Unidos e o Egito assumiram uma maior abertura ao Qatar, ao anunciarem que estariam dispostos a iniciar um diálogo com o emirado, se Doha aceitar lutar contra o terrorismo. O quarteto deu a conhecer uma lista de exigências para reatar relações com o país, como o fecho definitivo do canal de informação multilingue al-Jazeera e de uma base militar turca, assim como um distanciamento do Irão, o grande rival da Arábia Saudita na região.

Relacionadas

Quatro Estados árabes do Golfo dispostos a dialogar com o Qatar

A Arábia Saudita, o Bahrein, os Emirados Árabes Unidos e o Egito anunciaram que estão dispostos a iniciar um diálogo com o Qatar, se Doha aceitar lutar contra o terrorismo.

EUA acusam Emirados Árabes pelo ataque informático que originou crise no Qatar

O ato de pirataria ocorreu pouco depois da visita do presidente dos EUA, Donald Trump, à Arábia Saudita.

CNN revela conteúdos dos acordos secretos entre o Qatar e os países do bloqueio

A Arábia Saudita e os seus aliados afirmam que as exigências ao Qatar servem para obrigar o país a cumprir os acordos. O governo qatari diz o contrário e fala no rompimento do espírito dos acordos.

Primeiro lote de vacas para manter reservas de leite já chegou ao Qatar

Até aqui o fornecimento de leite e produtos lácteos para o Qatar era feito pela vizinha Arábia Saudita, mas como a nova crise diplomática no Médio Oriente, as ligações aéreas e marítimas, bem como as trocas de mercadorias foram barradas.
Recomendadas

Covid-19: Países Baixos agravam restrições de viagem para regiões em Espanha, França e Bélgica

A partir da noite deste sábado, 15 de agosto, os holandeses que se desloquem às regiões espanholas de Madrid, Ilhas Baleares, Burgos, Salamanca, Almería e Navarra, estão sujeitos a uma “recomendação urgente” de que façam quarentena no regresso aos Países Baixos.

Tráfego rodoviário de férias gera 700 quilómetros de engarrafamentos em França

As principais dificuldades de tráfego ocorreram no noroeste do país, no eixo Ródano a sul de Lyon e nas autoestradas da costa do Mediterrâneo, refere Bison Futé num comunicado.

Papa reza pelas vítimas de violência na Nigéria e por entendimento na gestão do rio Nilo

“Que o diálogo, queridos irmãos do Egito, Etiópia e Sudão, seja a sua única escolha, para o bem de suas populações queridas e do mundo inteiro”, concluiu o Papa Francisco.
Comentários