DECO quer fim do bloqueio geográfico

Nesta fase da pandemia, muitos consumidores da Região Autónoma da Madeira, ao procurarem usufruir das vantagens do comércio eletrónico, sobretudo na atual fase de confinamento, têm-se deparado com limitações no acesso a esta forma de comércio por parte de empresas que excluem as áreas de residência dos consumidores das entregas das suas plataformas eletrónicas.

O Bloqueio Geográfico em Portugal tem de acabar!

A DECO aguarda a discussão na Assembleia da República de uma iniciativa da Assembleia Regional da Madeira em limitar o bloqueio geográfico no território nacional.

Nesta fase da pandemia, muitos consumidores da Região Autónoma da Madeira, ao procurarem usufruir das vantagens do comércio eletrónico, sobretudo na atual fase de confinamento, têm-se deparado com limitações no acesso a esta forma de comércio por parte de empresas que excluem as áreas de residência dos consumidores das entregas das suas plataformas eletrónicas.

Identificado um vazio legal, a DECO apresentou as suas preocupações junto do Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor e reivindicou junto da Assembleia Regional da Madeira a adoção de legislação específica que elimine a possibilidade de situações de discriminação em virtude do local de residência.

Paralelamente, temos contactado várias empresas para reforçar o acesso dos consumidores aos bens e serviços, empresas que, na sua esmagadora maioria, demonstram um interesse e preocupação em encontrar soluções que lhes permitam passar a vender e entregar os seus produtos em todo o território nacional.

Através da mobilização dos consumidores, levantámos este problema e aguardamos que a Assembleia da República aprove, finalmente, medidas que garantam o fim do bloqueio geográfico e da discriminação nas vendas eletrónicas para os consumidores em território nacional.

Informe-se connosco. Estamos sempre consigo.

Conte com o nosso apoio. DECO MADEIRA está à sua espera na Loja do Munícipe do Caniço, Edifício Jardins do Caniço loja 25, Rua Doutor Francisco Peres; 9125 – 014 Caniço; deco.madeira@deco.pt. Visite o nosso site: www.deco.pt

Ler mais
Recomendadas

Governo da Madeira dá 3,6 milhões de euros a São Vicente para compensar danos do temporal

O governo da Madeira estabeleceu dois contratos-programa com São Vicente. Um para recuperação, reconstrução, e reposição de infraestruturas, no valor máximo de 2,4 milhões de euros, e outro para os trabalhos de limpeza e desobstrução de infraestruturas, no valor máximo de 1,2 milhões de euros.

Madeira espera receber quase 600 mil vacinas até fim de setembro

“Até final do terceiro trimestre, esperamos receber 596.755 doses de vacinas”, declarou Pedro Ramos, que quis assinalar a administração das 100.000 inoculações, deslocando-se ao centro de vacinação instalado no Madeira Tecnopolo, no Funchal.

Jardim Botânico da Madeira alvo de requalificação

O presidente do executivo madeirense confirmou também que será concluído o projeto para a instalação de uma ala tropical no Jardim Botânico, que deverá ter uma área de cinco mil metros quadrados.
Comentários