Deco recomenda que comemore festas natalícias com espumante nacional

Procure comprar o espumante numa loja com uma climatização adequada, de preferência onde as garrafas estejam deitadas e ao abrigo da luz.

Faça lista das ementas

É comum chamar-se Champanhe a qualquer vinho espumante, porém, o nome Champagne só pode ser atribuído ao vinho espumante produzido na região francesa com o mesmo nome.

Por cá, temos bons espumantes, produtos nacionais a preços acessíveis ao bolso dos portugueses.

Oferecemos-lhe algumas dicas de compra:

Procure comprar o espumante numa loja com uma climatização adequada, de preferência onde as garrafas estejam deitadas e ao abrigo da luz.

Leia o rótulo para se certificar de que está a comprar mesmo o que quer e veja o estado da garrafa: deve estar cheia.

Compare preços e tipos de espumante. Recordamos que a denominação Vinho Espumante de Qualidade ou designações do tipo Reserva podem não ser uma garantia de qualidade.

Já em casa, conserve-o com segurança:

O vinho espumante perde qualidades quando guardado demasiado tempo. Portanto, para ter algumas garrafas de reserva, coloque-as num local escuro (por exemplo, na cave), onde a temperatura seja constante, de preferência entre os 12 e 14ºC e deitadas.

O local de armazenamento deve ser ventilado e pouco húmido (humidade relativa abaixo dos 75%). Caso contrário, podem surgir bolores que danificam os rótulos e as rolhas.

Se não for possível guardar o espumante nestas condições, compre apenas garrafas que preveja utilizar brevemente.

E agora vamos servir:

O espumante deve ser servido a uma temperatura entre os 6 e 8ºC. Para obter esta temperatura, coloque o vinho num recipiente com água e gelo durante 15 a 20 minutos. Se preferir o frigorífico, 3 a 4 horas deverão ser suficientes. Não ponha a garrafa no congelador: pode esquecer-se e ela pode rebentar.

Depois de retirar a garrafa do recipiente ou do frigorífico, incline-a ligeiramente e distorça a argola do açaime. Remova-o juntamente com a cápsula que envolve a rolha (se a rolha estiver a sair, retire tudo de uma vez). Pegue na garrafa com uma mão e, com a outra, segure a rolha. Rode a garrafa (se rodar a rolha, esta pode partir-se). A rolha deve sair lentamente e com pouco ruído. Também pode optar por um saca-rolhas específico para vinhos espumantes. Estes equipamentos não são baratos, mas alguns conseguem resultados muito positivos.

Prefira usar copos de vidro altos e estreitos. Além de permitirem observar a “corrida” das bolhas, fazem com que o líquido perca pouco gás ao cair.

Encha os copos até pouco mais de meio, evitando que a espuma transborde.

Procure-nos em: DECO MADEIRA está à sua espera na Loja do Munícipe do Caniço, Edifício Jardins do Caniço loja 25, Rua Doutor Francisco Peres; 9125 – 014 Caniço; deco.madeira@deco.pt

Ler mais
Recomendadas

Estudo da GfK diz que ‘propensão para comprar em Portugal’ está abaixo da média europeia

Neste parâmetro, o consumidor que apresenta mais predisposição para comprar é o alemão, enquanto o consumidor espanhol é o que tem menos vontade de adquirir produtos/serviços.

Cuidado com os descontos na eletricidade e no gás, alerta o regulador

O regulador de energia aconselha os clientes a informarem-se antes de assinarem documentos que lhes dá um suposto desconto.

Sabe quanto pode custar, em média, um casamento?

Um casamento não tem necessariamente de ser algo caro, a menos que se prepare uma festa memorável, como costuma ser o caso. Por isso, fizemos as contas e damos-lhe uma ideia de quanto custa casar em Portugal.
Comentários