Defesa de Luís Filipe Vieira entrega requerimento para pagar caução de três milhões de euros (com áudio)

De acordo com a TSF, a caução será paga com ações que o ex-presidente do SL Benfica detém, bem como um imóvel cujo valor ronda os 1,2 milhões de euros.

Lusa

A defesa de Luís Filipe Vieira entregou esta quarta-feira, 22 de julho, o requerimento para pagar a caução de três milhões de euros, a que o ex-presidente do SL Benfica foi condenado no âmbito da operação ‘Cartão Vermelho’, avança a rádio “TSF”.

Cabe agora ao Ministério Público(MP) avaliar a validade deste requerimento apresentado antes de o juiz Carlos Alexandre decidir se a caução é ou não aceite.

Luís Filipe Vieira renunciou na semana passada à presidência do Sport Lisboa e Benfica e também da Benfica SAD, abandonando as funções depois de as ter suspendido na passada sexta-feira. Conforme apurou o Jornal Económico, Luís Filipe Vieira comunicou formalmente a sua decisão numa carta dirigida aos presidentes da mesa da assembleia geral da SAD e também do clube das águias.

A demissão do presidente benfiquista, que foi novamente eleito no ano passado, surgiu no âmbito da sua detenção, na sequência da operação Cartão Vermelho, onde era suspeito dos crimes por abuso de confiança, burla qualificada, falsificação, fraude fiscal e branqueamento.

O juiz Carlos Alexandre tinha determinado que Luís Filipe Vieira ficaria sujeito a uma medida de prisão domiciliária até ao pagamento de uma caução de três milhões de euros. Além desta caução, Luís Filipe Vieira terá como medidas de coação a proibição de contactos entre arguidos (à exceção do contacto entre Luís Filipe Vieira e o filho Tiago Vieira), proibição de saída para o estrangeiro e entrega do passaporte. Além disso, Luís Filipe Vieira, Tiago Vieira, José António dos Santos e Bruno Macedo estão sujeitos ao termo de identidade e residência.

Relacionadas

“Não assinei sozinho”. Luís Filipe Vieira sente-se traído por administradores da Benfica SAD

O ex-presidente sente-se desiludido com a falta de solidariedade demonstrada pelos membros da direção da SAD encarnada, segundo revelou fonte próxima ao dirigente ao “Correio da Manhã”.

Luís Filipe Vieira renunciou à presidência do SL Benfica e da Benfica SAD (com áudio)

O arguido da operação Cartão Vermelho renunciou, com efeitos imediatos, à presidência do clube e da Benfica SAD.

Direção do SL Benfica vai amanhã formalizar “necessárias alterações” à composição

Os elementos da direção apelam à união dos sócios benfiquistas “em torno dos objetivos comuns e na salvaguarda dos superiores interesses do clube”. 
Recomendadas

Ricardo Salgado de férias em ilha italiana depois de ser dispensado pelo tribunal

O ex-banqueiro começou a ser julgado na ‘Operação Marquês”, mas tirou partido da lei que permite aos arguidos com mais de 70 anos não estarem presentes em tribunal, devido aos riscos associados à pandemia, revela o “JN”.

Altice processa Câmara de Ponte da Barca por chamadas de valor acrescentado de 85 mil euros

Em causa estão chamadas telefónicas de valor acrescentado realizadas em setembro 2020, durante o concurso “7 Maravilhas de Portugal”, transmitido pela RTP.

Ihor Homeniuk: IGAI pede expulsão do ex-director das fronteiras do SEF

Segundo o “Diário de Notícias”, já foi entregue ao ministro da Administração Interna o relatório final da IGAI do processo disciplinar contra Sérgio Henriques, inspetor coordenador superior que está entre os 13 funcionários do SEF sobre os quais recaiu a suspeita de “por ação ou omissão” terem contribuído para a morte de Ihor Homeniuk.
Comentários