Delegação da Madeira vai a Bruxelas discutir alterações climáticas

A visita insere-se no programa ‘Ação para o Clima’ e vai discutir medidas de mitigação, adaptação e governança na área das alterações climáticas.

A Madeira vai estar representar entre 16 e 17 de janeiro, em Bruxelas, no âmbito do programa ‘Ação para o Clima’, com o objetivo de discutir medidas de mitigação, adaptação, governança, na área das alterações climáticas, onde estarão também presentes vários países que compõem as Regiões Ultraperiféricas (RUP) e a DG Climat.

A reunião pretende identificar as necessidades específicas de cada RUP. A Madeira vai estar representada através da Direção Regional do Ordenamento do Território e Ambiente (DROTA).

Através desta comitiva a Madeira pretende fornecer à DG Climat informação especializadas relativamente à questão do ambiente e com isso facilitar o diálogo entre as RUP, a Comissão Europeia e os estados membros.

Recomendadas

PCP propõe nova estrutura orgânica e forma de gestão das Áreas Protegidas

Grupo Parlamentar do PCP apresenta projeto de lei que visa “assegurar uma gestão mais próxima e adequada das Áreas Protegidas” e “determinar o papel essencial dos Planos Especiais de Ordenamento do Território e a responsabilidade do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas”.

Temperaturas sobem 0,2ºC graus a cada década em Portugal

2017 foi o ano mais quente em Portugal desde, pelo menos, 1950. Fator mais alarmante remete para a falta de precipitação crescente na Península Ibérica.

Poluição do ar terá causado a morte a 15 mil pessoas em Portugal em 2015

A previsão dos cientistas é superior à da Agência Europeia do Ambiente e da Organização Mundial de Saúde, que era de 6.690 mortes nesse ano.
Comentários