Deputado do PS lança críticas a Rui Moreira, mas também ao cerco sanitário ao Porto

Tiago Barbosa Ribeiro diz que a Direção-Geral de Saúde “pode e deve ser criticada quando comete erros, por défice de articulação e por problemas na comunicação”, mas aponta baterias ao presidente da Câmara do Porto por “lançar confusão” em vez de apresentar medidas concretas.

Tiago Barbosa Ribeiro
Deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro foi eleito presidente da concelhia do Porto

O deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro, presidente da concelhia do Porto do PS, recorreu às redes sociais nesta terça-feira  para criticar Rui Moreira pela reação do autarca portuense às declarações da diretora-geral de Saúde, Graça Freitas, mas também sublinhou que considera “impossível” e aparentemente inútil a hipótese de aplicar uma “cerca sanitária” em redor do município para conter o contágio da Covid-19.

“Pessoalmente, também me parece impossível de aplicar uma ‘cerca sanitária’ no concelho que é a cabeça metropolitana, que aparentemente isso pouco ou nada contribui para estancar a transmissão e que nada poderá ser feito sem um diálogo com as autoridades locais”, escreveu Tiago Barbosa Ribeiro, admitindo que a Direção-Geral de Saúde (DGS) “pode e deve ser criticada quando comete erros, por défice de articulação e por problemas na comunicação”. E apontou como exemplo disso mesmo as “declarações ponderadas” que Eduardo Vítor Rodrigues, presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia (eleito pelo PS) e da Área Metropolitana do Porto, que também ontem se posicionou contra a medida admitida em conferência de imprensa por Graça Freitas.

Para o autarca eleito para a Câmara do Porto nas listas de um movimento independente, Tiago Barbosa Ribeiro reserva a forte crítica de, “no contexto do combate a uma crise sem precedentes”, Rui Moreira alimentar “uma enorme cacofonia de posições que são reincidentes ao longo dos dias e que só lançam confusão”.

”Foi assim com os ventiladores ‘desviados’ da Galp que afinal não terão sido, com os ventiladores que vinham da China mas ainda não chegaram, com os testes drive thru ‘inéditos’, mas que afinal são uma política concertada a nível nacional com muitos outros concelhos envolvido, com os testes nos lares, alimentando notícias e posts dias a fio”, escreveu o deputado socialista eleito pelo círculo do Porto, instando Rui Moreira a dar “respostas concretas” aos problemas que se colocam aos munícipes afetados pela pandemia e pelas medidas do Estado de Emergência.

Ler mais
Relacionadas

Câmara do Porto rejeita cerco sanitário do Porto e critica declarações de Graça Freitas

A autarquia presidida por Rui Moreira diz que deixou de “reconhecer autoridade à senhora Diretora Geral da Saúde, entendendo as suas declarações de hoje como um lapso seguramente provocado por cansaço”.
Recomendadas

Centros comerciais, retalho e restauração reforçam medidas para reabertura “com total confiança”

As três associações APED, APCC e AHRESP garantem que estão reunidas todas as condições para a salvaguarda da saúde pública e da segurança dos seus clientes, fornecedores e trabalhadores para a reabertura destes espaços comerciais prevista para 19 de abril próximo.

Mora em Lisboa? Pode fazer dois testes gratuitos à Covid-19 por mês

A Câmara Municipal de Lisboa alargou o plano de testagem massiva a todos os residentes na cidade. A partir de amanhã, os testes rápidos chegam a todos e não apenas a quem vive nas freguesias de maior risco. Há mais de 90 farmácias aderentes.

Espanha com 10.474 novos casos e a incidência supera os 200 casos

A Espanha registou 10.474 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 3.387.022 total de infetados até agora, num dia em que a incidência por 100.000 habitantes nas últimas duas semanas alcançou os 201 casos.
Comentários