Desabamento na Bélgica. Autoridades encontram terceira vítima mortal mas não revelam nacionalidade

“Infelizmente, temos de informar que uma terceira vítima acaba de ser encontrada debaixo dos escombros. Apesar deste terrível custo, o esforço de salvamento continua até que também sejamos capazes de encontrar as outras duas pessoas desaparecidas”, avançou o corpo de bombeiros da cidade, numa mensagem publicada na rede social Twitter.

Uma terceira vítima mortal do acidente de construção ocorrido na sexta-feira em Antuérpia, na Bélgica, onde já morreu um cidadão português, foi hoje confirmada pelas autoridades belgas, que, porém, não adiantaram ainda a nacionalidade.

“Infelizmente, temos de informar que uma terceira vítima acaba de ser encontrada debaixo dos escombros. Apesar deste terrível custo, o esforço de salvamento continua até que também sejamos capazes de encontrar as outras duas pessoas desaparecidas”, avançou o corpo de bombeiros da cidade, numa mensagem publicada na rede social Twitter.

De acordo com as declarações de um porta-voz da polícia belga às televisões portuguesas presentes no local, na manhã de sábado, restavam três pessoas soterradas sob os escombros, duas das quais de nacionalidade portuguesa e outra natural da Roménia. Os socorristas continuam agora a procurar os outros dois trabalhadores.

O colapso parcial do estaleiro de construção de uma escola em Antuérpia deixou ainda nove pessoas feridas e que se encontram internadas em quatro unidades hospitalares da região: quatro em perigo de vida, quatro em estado grave e um ferido ligeiro. A escola ainda se encontrava em construção e não havia alunos presentes, desconhecendo-se as razões na origem deste desastre.

O embaixador português, que esteve na sexta-feira no terreno do acidente, vai acompanhar a visita do Rei Filipe da Bélgica, que deverá visitar o local esta tarde.

Relacionadas

Desabamento na Bélgica. Embaixada de Portugal em Bruxelas acompanha situação junto das autoridades locais

Em resposta ao JE, o MNE garantiu que “a Embaixada de Portugal em Bruxelas procura contactar as famílias das vítimas para prestar todo o apoio necessário e continua a acompanhar a situação, em contacto com as autoridades locais, aguardando confirmação da existência de compatriotas entre os quatro desaparecidos”.

Desabamento na Bélgica. Autoridades confirmam quatro sinistrados portugueses, dos quais uma vítima mortal

As autoridades belgas confirmaram este sábado, 19 de junho, que uma das duas vítimas mortais é portuguesa. Entre os portugueses, há ainda a lamentar um ferido e dois desaparecidos.
Recomendadas

“Covid-19 motivou crise alimentar”, aponta Mario Draghi

Segundo o primeiro-ministro italiano os países devem esforçar-se por assegurar a alimentação da população da mesma forma que agora se têm preocupado em arranjar vacinas.

Philip Morris Internacional admite deixar de vender cigarros em alguns países dentro de dez anos

“Conseguimos imaginar um mundo sem cigarros”, referiu o CEO da Philip Morris International.

Confiança na economia alemã degrada-se, segundo o Ifo

A redução do abastecimento e as preocupações com o aumento do número de infeções estão a pesar sobre a economia alemã.
Comentários