Despesas familiares no Japão com quebra de 16,2% em maio

Com a quarentena, as famílias no Japão gastaram menos em hotéis, transportes e comer fora de casa, mas a despesa com a carne, álcool e mascaras aumentou.

Os gastos das famílias no Japão reduziram a um ritmo recorde, devido às medidas de segurança que mantiveram as pessoas em casa. De acordo com os dados revelados pelo governo japonês, noticiados pela “BBC”, as despesas familiares caíram 16,2%, em maio, em relação ao ano anterior.

Os dados divulgados pelo governo do Japão demostram uma diminuição em gastos com hotéis, transporte e alimentação (em restaurantes). Por outro lado, houve um aumento de despesa em itens como carne, álcool e máscaras.

Os economistas esperam que a recuperação seja lenta e frágil, já que os consumidores continuam reticentes. Quanto às despesas familiares, nos próximos meses, a perspetiva é de que continuem reduzidas, uma vez que é expectável que o número de desempregados no Japão aumente.

Por outro lado, os salários também diminuíram, ao ritmo mais rápido dos últimos cinco anos. Os indicadores relativos à remuneração demonstram que o poder de compra das famílias caiu 2,1%, em maio, em comparação ao período homólogo.

Já o pagamento de horas extra caiu 15,8% em maio, em relação ao ano de 2019, a queda mais acentuada desde janeiro de 2013.

O conjunto de dados sublinham os principais desafios enfrentados pelo governo e pelo banco central do Japão, à medida que o país se prepara para a recessão mais profunda desde o final da Segunda Guerra Mundial. Os economistas esperam uma retração económica de mais de 20%, este ano, devido ao impacto das medidas de restrição.

Relacionadas

“A partir de casa, sempre que possível”. Fujitsu anuncia plano permanente de teletrabalho

Com a mudança, a Fujitsu pretende melhorar o desempenho dos funcionários e por isso dará preferência ao trabalho remoto.

União Europeia reabre fronteiras a 15 países, Estados Unidos e Brasil ainda excluídos

Os Estados-membros da União Europeia decidiram esta terça-feira reabrir as fronteiras externas a partir de quarta-feira a 15 países cuja situação epidemiológica da covid-19 consideram satisfatória, excluindo desta lista países como Estados Unidos e Brasil.

Medicamento da BIAL para a doença de Parkinson aprovado no Japão

Depois de aprovado para a Europa e Estados Unidos, o medicamento passa a ser o primeiro de investigação portuguesa alguma vez aprovado no Japão.
Recomendadas

Sondagem indica que Lula ganharia as eleições presidenciais brasileiras à primeira volta

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva ganharia as eleições presidenciais na primeira volta se as eleições, marcadas para outubro de 2022, fossem realizadas hoje, de acordo com uma sondagem de opinião divulgada na quarta-feira.

Josep Borrel manteve encontro com ministro dos Negócios Estrangeiros do Irão

O chefe da diplomacia da União Europeia diz que o regime de Teerão está interessado em regressar a Viena para continuar as negociações em torno do Acordo Nuclear de 2015.

Inteligência artificial traz ministro finlandês à Nova SBE

Visita de Ville Skinnari esta quinta-feira, 23 de setembro, decorre no âmbito da parceria para a disponibilização do curso Elements of AI em Portugal através da escola de negócios liderada por Daniel Traça.
Comentários