DGS confirma pressão nos serviços de saúde pública

“É uma enorme carga de trabalho”, assumiu a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, uma vez que a pessoa infetada tem de elaborar uma lista com todas as pessoas com quem esteve nos tempos em que o vírus esteve ativo mas sem dar sinais.

Graça Freitas, diretora-geral da DGS | Rodrigo Antunes/Lusa

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admitiu esta sexta-feira a existência de uma “enorme pressão sobre os serviços de saúde pública” devido ao aumento de novos casos mas também a procura por contactos que também possam estar infetados.

“Temos muitos casos e a investigação implica que se vá à procura dos seus contactos” e que estes acabam por ser divididos entre dois grupos, “um de alto risco que tem de ficar em isolamento e os de baixo risco”, explicou, em conferência de imprensa.

“Está a ser feito o reforço das equipas de saúde pública, através das escolas de enfermagem para que possam fazer estágios junto das unidades de saúde pública para as ajudar sob a supervisão de um médico especializado”, disse a responsável da Direção-Geral da Saúde (DGS) aos jornalistas.

“É uma enorme carga de trabalho”, assumiu a diretora-geral da Saúde, uma vez que a pessoa infetada tem de elaborar uma lista com todas as pessoas com quem esteve nos tempos em que o vírus esteve ativo mas sem dar sinais.

Perante a redução dos dias de quarentena para dez, Graça Freitas garantiu que esta medida só se aplica a doentes que tenham sintomas ligeiros e moderados, enquanto os restantes têm de cumprir os 14 dias de quarentena decretados pelas autoridades de saúde.

Portugal conta com um total de 95.902 casos confirmados da Covid-19, mais 2.608 face ao dia anterior, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da DGS. O número de vítimas mortais do novo coronavírus no país aumentou para 2.149, registando-se mais 21 vítimas mortais nas últimas 24 horas.

Ler mais
Recomendadas

AHRESP entende que proibição de circulação não se aplica às reservas feitas previamente

No entanto, porque persistem dúvidas sobre a interpretação desta norma, a associação da restauração e hotelaria garante que irá questionar a tutela sobre o assunto.

OE2020: Saldo da Segurança Social cai 97,5% para 62,8 milhões em setembro

O saldo da Segurança Social caiu 97,5% em setembro em termos homólogos, mas ainda assim foi positivo em 62,8 milhões de euros, revela a execução orçamental publicada pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).

Covid-19: Parlamento confirma dois deputados infetados, um inconclusivo e quatro em isolamento

“Até ao momento, apenas foram reportados a este gabinete dois deputados que testaram positivo para a covid-19. Encontram-se bem, nas respetivas habitações, com sintomas de constipação”, refere hoje o gabinete do secretário-geral do parlamento.
Comentários