Dona da Jerónimo Martins prepara-se para pôr sede fiscal na Holanda

A ‘holding’ liderada por Alexandre Soares dos Santos, que controla a Jerónimo Martins, deu mais um passo para pôr a sede fiscal na Holanda, avança o Negócios.

1,8 mil milhões de euros

A Sociedade Francisco Manuel dos Santos SGPS SE, que já controla 56,1% da JM através de uma empresa na Holanda, vai deliberar em Dezembro a mudança da sua sede para Amesterdão, noticia hoje o Jornal de Negócios.

Aliás, “deliberar sobre a transferência da sede social para a Holanda” é o ponto três da assembleia-geral da Sociedade Francisco Manuel dos Santos SGPSSE (SFMSSE) para o próximo 15 de dezembro. A ‘holding’ liderada por Alexandre Soares dos Santos, que controla a Jerónimo Martins, deu mais um passo para pôr a sede fiscal na Holanda.

O Jornal de Negócios explica que a SFMS SE é a ‘holding’ que agrega os interesses de alguns descendes de Francisco Manuel dos Santos, sobretudo dos ramos Soares dos Santos e Santos. E é esta empresa, até agora com sede em Lisboa, que controla a SFMS BV, com sede na Holanda, desde finais de 2011, e que controla, via a holandesa, 56,1% do capital da cotada Jerónimo Martins SGPS.

O Negócios avança ainda que o “projeto de transferência da sede social da SFMS SGPS SE” para Amesterdão poderá estar concluído “até ao dia 31 de dezembro” de 2016.

Recomendadas

Lidl investe um milhão de euros em postos de carregamento para elétricos

Desde 2016 que há três postos de carregamento em lojas Lidl, mas este número vai subir para os 41.

CTT reorganizaram canais de apoio ao cliente

Operadora postal criou duas novas linhas de apoio ao cliente, uma para clientes particulares e outra para empresas-clientes, e reformulou a Linha de Apoio ao Cliente Payshop, renomeando-a de Linha de Serviços de Pagamento, destinada para informações sobre payshop e cobrança de portagens.

CTT lançam desafio tecnológico para startups e programadores

Universitários, empreendedores, empresas de grande dimensão e outras organizações são desafiados a criar uma aplicação móvel que seja capaz de ler todas as informações do código que vem nas cartas/encomendas com uma câmara. Em ‘jogo’ está um prémio de 8 mil euros.
Comentários