Donald Trump diz que navio norte-americano destruiu drone iraniano no estreito de Ormuz

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou hoje que um navio de guerra norte-americano destruiu um drone iraniano no estreito de Ormuz, numa altura de tensões crescentes entre os dois países.

O Presidente norte-americano considerou que esta foi a resposta à mais recente “ação hostil” do Irão, apelando a outros países que condenem o que considera serem tentativas do Irão em interromper a liberdade de navegação e o comércio global numa zona marítima estratégica, o Golfo Pérsico.

Donald Trump salientou que o “USS Boxer” tomou medidas defensivas depois de o drone chegar a cerca de um quilómetro do navio de guerra e de ter ignorado vários pedidos para parar, com o Presidente a referir que ameaçou a segurança da embarcação e da tripulação.

O Irão abateu recentemente um drone norte-americano que dizia estar a sobrevoar o país, com Donald Trump a afirmar que cancelou, no último momento, um ataque aéreo de retaliação que foi planeado na altura.

Recomendadas

China suspende viagens organizadas na China e ao exterior devido ao coronavírus

A partir de segunda-feira as agências de viagens chinesas não poderão mais vender reservas de hotel nem viagens em grupo.

Xi Jiping adverte que “situação é grave” e “propagação do coronavírus acelera-se”

O Presidente chinês, Xi Jiping, admitiu hoje que a China enfrenta uma “situação grave” devido à “propagação acelerada” do novo coronavírus, mas assegurou que o país pode “vencer a batalha” contra o vírus.

Luanda Leaks: Ministra das Finanças de Angola diz que é preciso respeitar os órgãos judiciais

A ministra das Finanças de Angola, Vera Daves, afirmou, em Davos, que é necessário “respeitar o trabalho dos órgãos judiciais” nos casos de alegada corrupção em Angola, lamentando que “apenas alguns” sejam mediáticos.
Comentários