Dos Amorim aos Soares dos Santos: estes são os rostos de mais de 12% do PIB português

A revista Forbes divulgou a lista dos 10 mais ricos em Portugal que, em conjunto, detêm mais de 12% do PIB nacional.

É a segunda vez que a revista Forbes elabora este ranking, que percorre diferentes setores, e caras mais ou menos conhecidas do grande público. Da indústria à tecnologia, da moda ao mundo do futebol, a lista deste ano é composta por 36 homens e 14 mulheres, que são donos de fortunas líquidas acima dos 190 milhões de euros.

A lista, que este ano inclui várias novidades, continua a ser liderada por Fernanda Amorim, a pessoa mais rica de Portugal que soma uma fortuna de 4173 milhões de euros. A família da Jerónimo Martins detém três posições na lista: o segundo é ocupado por Alexandre Soares dos Santos enquanto que o sexto e sétimo são detidos por Maria Isabel Martins dos Santos e Fernando Figueiredo dos Santos, com uma fortuna de 574 milhões e 529 milhões de euros, respetivamente.

Luís Amaral, principal acionista da retalhista polaca Eurocash, aparece em oitavo posição com uma fortuna avaliada em 527 milhões de euros e o CEO do Grupo Luís Vicente, o próprio, ocupa a nona posição com 525 milhões na conta.

Fora do Top 10, destaque para Paulo Rosado, líder da Outsystems, que acumula uma fortuna acima dos 300 milhões de euros; Manuela Medeiros, fundadora e líder da Parfois, com uma fortuna de 290 milhões de euros; e para duas estrelas do mundo do desporto: Cristiano Ronaldo, dono de uma fortuna líquida de 439 milhões de euros, e o “super agente” Jorge Mendes, que através da Gestifute e de vários investimentos imobiliários acumula uma fortuna de 263 milhões de euros.

A edição de julho/agosto da revista Forbes Portugal chega às bancas esta quarta-feira, 3 de julho e conta com o líder e fundador da Farfetch na capa, José Neves.

Relacionadas

Forbes Portugal: famílias Amorim, Soares dos Santos e Silva Ribeiro lideram lista dos mais ricos

Maria Fernanda Amorim (Grupo Amorim) continua a ser a pessoa mais rica de Portugal, com uma fortuna avaliada em 4.173 milhões de euros, tendo como principais activos: Galp, Corticeira Amorim, Tom Ford e imobiliário. Mas a lista deste ano tem muitas novidades. Destaque para Luís Amaral, principal acionista da retalhista polaca Eurocash (e maior acionista do Observador).
Recomendadas

Novos sinais de trânsito entram hoje em vigor. Conheça as alterações e as novidades

São também introduzidos novos sinais de informação, novos símbolos de indicação turística, geográfica, ecológica e cultural, para os condutores e agentes reguladores.

Conheça os três edifícios de escritórios que vão nascer no Parque das Nações até 2023

O projeto está a cargo da promotora imobiliária Avenue num investimento total de 190 milhões de euros para construir os três edifícios de escritórios localizados perto da Gare do Oriente.

Óscares Imobiliário: Palácio da Anunciada eleito melhor empreendimento de 2020

O Palácio da Anunciada em Lisboa venceu ainda na categoria de Turismo. A cerimónia do Prémio Nacional do Imobiliário contou com 29 empreendimentos finalistas. Conheça os vencedores das seis categorias.
Comentários