Doze concelhos de cinco distritos do continente em risco máximo de incêndio

Doze concelhos dos distritos da Guarda, Castelo Branco, Santarém, Portalegre e Faro apresentam este domingo risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com a informação do IPMA, estão sob este alerta os concelhos do Sabugal, na Guarda, Penamacor, em Castelo Branco, e do Sardoal, no distrito de Santarém.

Em risco máximo de incêndio estão também os concelhos do Gavião, Nisa e Marvão, no distrito de Portalegre, e Monchique, Silves, Tavira, São Brás de Alportel, Castro Marim e Alcoutim, no distrito de Faro.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou ainda vários concelhos de Faro, Beja, Portalegre, Lisboa, Santarém, Coimbra, Castelo Branco, Guarda, Viseu, Aveiro, Bragança e Vila Real em risco muito elevado de incêndio.

Este risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo, sendo o elevado o terceiro nível mais grave.

Os cálculos para este risco são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no litoral centro até meio da manhã.

O vento soprará fraco a moderado (até 30 km/h) do quadrante norte, soprando por vezes forte (até 40 km/h) e com rajadas até 60 km/h, no litoral oeste e nas terras altas, em especial a partir da tarde.

As previsões apontam ainda para neblina ou nevoeiro matinal em alguns locais do litoral centro e uma pequena subida da temperatura máxima no litoral norte e centro.

As temperaturas máximas previstas para hoje são de 31 graus Celsius em Lisboa, 28 na Guarda, 29 em Viana do Castelo, 30 em Bragança, 36 em Évora, 35 em Beja e 28 em Faro.

Ler mais
Recomendadas

Coca Cola aposta no plástico reciclado para as suas embalagens PET

A CuRe tem o potencial de apoiar a Coca-Cola na Europa Ocidental no seu objetivo de eliminar o PET virgem de origem fóssil das suas embalagens durante a próxima década, o que ajudará a eliminar a utilização de mais de 200 mil toneladas de PET virgem por ano.

Portugal Space abre candidaturas para programa de deteção de plástico nos oceanos

As inscrições decorrem até outubro e a melhor proposta de investigação recebe até 500 mil euros. O concurso está aberto a entidades nacionais e internacionais, estando estas últimas obrigadas a trabalhar em estreita cooperação com as instituições portuguesas, que deverão ser líderes de projecto ou, em alternativa, estabelecendo atividade em Portugal.

Repsol produz pela primeira vez biocombustível para aviões

A petrolífera espanhola também desenvolverá alternativas que permitirão obter combustível para aeronaves a partir de resíduos, avançando no compromisso de ser uma empresa com zero emissões líquidas de CO2 em 2050.
Comentários