“É importante amplificar a voz da Greta no combate às alterações climáticas”, afirma líder do PAN

Os partidos que integram a Comissão de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território estão presentes na Doca de Santo Amaro, em Alcântara, para receber a jovem Greta Thunberg em Lisboa.

“Este caso [Tancos] está a desviar a atenção daquilo que é essencial, que é todos podermos fazer uma campanha a informar as pessoas das nossas propostas.”

O líder do partido das Pessoas, Animais e Natureza (PAN), André Silva, marca presença na Doca de Santo Amaro, onde a jovem ativista Greta Thunberg irá chegar esta terça-feira, 3 de dezembro. Em declarações ao Jornal Económico, o deputado refere que “É importante dar voz e amplificar a voz da Greta, daquilo que tem sido o papel dela no combate das nossas vidas, que é o combate das alterações climáticas”.

Os partidos que integram a Comissão de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território estão presentes na Doca de Santo Amaro, em Alcântara, para receber a jovem Greta Thunberg em Lisboa.

Em representação do partido PAN, que tem defendido matérias ambientais e sustentáveis desde que foi criado, André Silva, evidenciou a importância que a passagem por Portugal representa para todos os portugueses.

“É extremamente importante recebermos a Greta, agradecer-lhe todo o trabalho que ela tem feito em prol do planeta e das nossas vidas”, sustentou o deputado e líder do PAN”.

“É importante agradecer-lhe e continuar a transmitir estas vozes e preocupações do movimento que é cada vez maior, mais amplo e um movimento que se está a alargar”, sublinha André Silva.

Embora o movimento se esteja a alargar a olhos vistos em Portugal, em que as greves estudantis pelo clima têm saído à rua, ainda não se alargaram de acordo com as medidas do PAN. “Mas, finalmente, está a pressionar a classe política para agir. Devia ser muito mais urgente a ação, e não está a ser, mas ainda assim, o papel dela é importante por isso, por ter colocado na agenda política mundial a matéria das alterações climáticas”, garante o líder.

Se lhe pudesse dizer alguma coisa, André Silva esclarece que “as palavras são de agradecimento e de encorajamento, e dizia-lhe para continuar que é importante o papel que ela está a ter”.

“E que não se deixe intimidar pelas pressões dos negacionistas e daqueles que, não tendo qualquer sensibilidade para as questões de salvaguarda do planeta, querem acima de tudo continuar a produzir e, no fundo, a obter lucro à custa da extração de recursos, mesmo que isso implique a nossa sobrevivência enquanto espécie no planeta, que está a dez anos do ponto de não retorno”, sustenta, referindo-se a Donald Trump, um dos maiores negacionistas do aquecimento global.

André Silva vai mais longe e esclarece que “a qualquer momento, o planeta pode alterar drasticamente todo o modelo climático como o conhecemos e pode implicar, no limite, a nossa própria sobrevivência”.

Relativamente à presença de jovens nas linhas da frente da barreira na Doca de Santo Amaro, o líder do PAN afirma que estes “jovens estão a fazer com que a classe política tenha uma reação, mas ainda não é a necessária e desejável para a emergência que estamos a viver”.

Ler mais
Relacionadas

Jovens ativistas portugueses recebem Greta Thunberg: “Não existe plano B”

Enquanto espera pela embarcação ‘La Vagabonde’, os ativistas portugueses apelam ao boicote da utilização dos aviões devido às elevada quantidade de emissões de dióxido de carbono.

Greta chega hoje a Lisboa. Conheça as polémicas da jovem ativista

Lisboa e Nova Iorque estão separadas por 21 dias, à velocidade de cruzeiro do ‘La Vagabonde’, onde a jovem ativista de 16 anos se encontra. Greta Thunberg chega esta terça-feira a Lisboa.
Recomendadas

Feira Empack e Logistics & Automation adere ao Pacto Português para os Plásticos

Com esta decisão, a Empack e Logistiscs & Automation junta-se à lista de mais de cem membros da Smart Waste Portugal.

Sem turistas, canais de Veneza estão mais limpos que nunca

Golfinhos, peixes e cisnes fazem agora parte dos canais de Veneza, que há várias décadas não viam a água tão transparente.

Covid-19: novas recomendações para a gestão de resíduos

Os sacos de lixo devem ser devidamente fechados e colocados dentro de um segundo saco, fechado, e depositado no contentor de resíduos indiferenciados”. Viaturas de recolha e contentores devem ser mais higienizadas. Caso se verifique uma taxa de absentismo que não permita a recolha adequada, e de forma seletiva de todas as frações de resíduos urbanos, preconiza-se a recolha conjunta da fração indiferenciada e da depositada seletivamente, garantindo sempre que a frequência de recolha de resíduos indiferenciados não é prejudicada.
Comentários