eBay atualiza termos de utilização e impede de receber pagamentos na PayPal

Os novos termos, em vigor desde 1 de junho, dizem que o novo sistema de “gestão de pagamentos” é obrigatório e que a empresa “tem o poder de limitar ou remover listagens de vendedores” que se recusem a usá-lo. Compradores ainda possam utilizar a ‘app’ para pagar.

Os novos termos de utilização do eBay já entraram em vigor e a grande novidade é que a plataforma de retalho digital deixa de permitir aos vendedores receberem o dinheiro dos seus produtos via PayPal. As mudanças significam que, embora os compradores do eBay ainda possam utilizar o PayPal como meio de pagamento, os vendedores receberão o dinheiro diretamente nas suas contas bancárias, avança a “BBC”.

A empresa diz que o novo sistema é “mais simples, conveniente e oferece aos compradores mais opções de pagamento” e adianta que o lançamento será “gradual”. Ainda assim, alguns vendedores ameaçaram parar de utilizar o serviço devido à mudança anunciada. Nos fóruns do eBay, encontram-se algumas publicações onde os vendedores afirmam estarem relutantes em usar o novo sistema, por permitirem que o eBay tenha acesso de débito direto às suas contas bancárias pessoais.

Os novos termos, em vigor desde 1 de junho, dizem que o novo sistema de “gestão de pagamentos” é obrigatório e que a empresa “tem o poder de limitar ou remover listagens de vendedores” que se recusem a usá-lo.

O PayPal foi adquirido pelo eBay pouco tempo depois da sua fundação em 2002, e as duas empresas trabalham em parceria desde então. Os novos termos marcam uma mudança significativa numa parceria de quase duas décadas com o PayPal, que se separou do eBay em 2015.

O sistema de “gestão de pagamentos” significa que as taxas do PayPal não serão cobradas no processo, embora o eBay tenha tornado as suas próprias taxas um pouco mais altas. Mas a empresa afirma que a maioria das pessoas pagará o mesmo – ou menos do que antes.

O novo sistema é 12,8% do valor final incluindo entrega, mais 34 cêntimos em Portugal. O sistema antigo era de 10% para o eBay, mais as taxas do PayPal. A mudança também significa que os compradores terão acesso automático a todas as opções de pagamento disponíveis – incluindo cartões de crédito e débito, Apple Pay, Google Pay, PayPal e crédito do PayPal. No entanto, os pagamentos vão demorar dois dias úteis para serem transferidos, enquanto com o PayPal normalmente era no mesmo dia.

Recomendadas

5G: Nowo já pediu estabelecimento de acordos de ‘roaming’

De acordo com o regulamento, os operadores vão ter de chegar a acordo entre eles e têm 45 dias para o fazer, caso tal não aconteça podem recorrer à Anacom para arbitrar o processo.

Grupo FNAC investe 300 mil euros e abre primeira loja de bem-estar e sustentabilidade em Portugal

A insígnia abrange aromaterapia, chás e infusões, entre outros. “Pretende inspirar a fazer essa mudança. Traz consigo o propósito de criar um mundo melhor, apelando a um modo de vida mais consciente, mais próximo da natureza, com foco no bem-estar e no respeito pelo planeta”, garante ao JE o diretor geral, Nuno Luz.

CEO da Apple assinou “acordo secreto” de 275 mil milhões de dólares com oficiais chineses para continuar a operar no país

Em 2016, os executivos da Apple ficaram alarmados com as ameaças do governo chinês contra recursos como Apple Pay, iCloud e App Store, o que levou Cook a realizar uma série de reuniões secretas com autoridades de Pequim.
Comentários