Edição digital do Jornal Económico com acesso gratuito durante epidemia de Covid-19

A edição digital do Jornal Económico passará a estar disponível gratuitamente, durante as próximas cinco semanas, devido à situação de emergência nacional causada pela epidemia de Covid-19. Desta forma, todos os leitores continuarão a ter acesso ao Jornal Económico.

Tempos excepcionais exigem medidas excepcionais. Sabemos que muitos dos nossos leitores em papel já estão a ter dificuldade em comprar o Jornal Económico nos pontos de venda habituais, devido às recomendações de isolamento social em vigor devido à epidemia de Covid-19. Uma vez que receamos que esta situação se agrave, optámos por oferecer gratuitamente a nossa edição digital, durante as próximas cinco semanas.

Com esta iniciativa, os leitores da edição em papel poderão continuar a ler o Jornal Económico, desta feita em formato digital, sem custo algum.

Para receber a edição semanal do Jornal Económico, publicada à sexta-feira, os leitores poderão optar por subscrever a nossa newsletter. Em alternativa, poderão aceder através do site do Jornal Económico ou do JE Leitor. Com um simples clique na capa do jornal, os leitores terão acesso gratuito e imediato a todos os conteúdos. Esta iniciativa vai estar em vigor nas edições dos dias 20 e 27 de março, seguindo-se as de 3, 10 e 17 de abril.

Se, apesar desta oferta, preferir continuar a ler o Jornal Económico na versão em papel e não puder deslocar-se a um ponto de venda, conheça aqui as nossas soluções de assinatura em papel.

Atuais assinantes digitais terão subscrições renovadas por mais um mês, sem custos

Por sua vez, todos os atuais assinantes digitais do Jornal Económico terão as suas assinaturas renovadas por um período adicional de um mês, sem qualquer custo. O arquivo de edições anteriores do Jornal Económico continuará a ser de acesso reservado aos assinantes digitais, juntamente com outros benefícios exclusivos.

O Jornal Económico agradece a confiança e a preferência demonstrada por todos os seus leitores, parceiros e anunciantes, reiterando o compromisso de continuar a procurar oferecer-lhes jornalismo independente, isento e de qualidade.

 

Ler mais

Recomendadas

Segurança Social regista défice de 86 milhões de euros em agosto

O saldo da Segurança Social caiu 95,8% em agosto face ao mesmo mês do ano passado, registando um défice de 85,9 milhões de euros, segundo a execução orçamental publicada esta sexta-feira pela Direção-Geral do Orçamento (DGO).
joão_leão_tomada_posse_1

Pagamentos em atraso do Estado diminuem 271 milhões de euros em agosto

Os pagamentos em atraso ascenderam a 558,8 milhões de euros até agosto, uma descida de 271,5 milhões de euros relativamente ao período homólogo e de 74,4 milhões de euros face ao mês anterior.

Queda da receita fiscal abranda em agosto para 2.270,8 milhões de euros

O Estado arrecadou menos 2.270,8 milhões de euros em impostos até agosto, correspondente a uma diminuição de 7,8% face ao mesmo período de 2019, cerca de metade da queda homóloga observada em julho, segundo a Síntese de Execução Orçamental.
Comentários