Efacec vai reforçar capacidade de barragem em Lamego

Segundo um comunicado da empresa, “a intervenção da Efacec irá alargar a capacidade da barragem em 30%, permitindo criar uma reserva para apoio dos municípios na região em caso de seca prolongada”.

A Efacec foi escolhida pela Águas do Norte para a instalação de comportas no descarregador de cheias da barragem de Pretarouca, localizada em Lamego.

Segundo um comunicado da empresa, “a intervenção da Efacec irá alargar a capacidade da barragem em 30%, permitindo criar uma reserva para apoio dos municípios na região em caso de seca prolongada”.

“Esta intervenção aumenta a infraestrutura dos atuais 3,2 milhões de metros cúbicos para 4,2 milhões de metros cúbicos, com base num princípio de sustentabilidade, aumentando a capacidade em captações superficiais em detrimento de soluções por captações subterrâneas”, acrescenta o referido comunicado.

A Efacec adianta que o contrato foi assinado no final de julho com a Águas do Norte, a entidade gestora do sistema multimunicipal de abastecimento de água e de saneamento do Norte do país, e tem a duração de seis meses.

“A obra engloba trabalhos ao nível de mecânica, construção civil e equipamentos elétricos, prevendo a instalação de comportas de charneira do tipo ‘Obermeyer’, cujo funcionamento é realizado através da insuflação/desinsuflação de almofadas de borracha, colocadas sob as comportas com recurso ao uso de ar comprimido”, adianta o documento em causa.

O mesmo documento assinala que “a Efacec realiza trabalhos em projetos hídricos desde os anos 50 em países como Tunísia e Islândia”, acrescentando que, em Portugal, entre 2011 e 2015, a empresa portuguesa participou nas obras das centrais hidroelétricas da Ermida e de Ribeiradio, em Sever de Vouga, em regime ‘chave na mão’ no fornecimento e montagem de equipamentos elétricos e mecânicos, desde transformadores e subestações elétricas a comportas e pontes rolantes”.

A Efacec está presente em mercados como a Europa, os Estados Unidos da América, a América Latina, Ásia, Médio Oriente, Magrebe e África Subsariana.

Ler mais
Recomendadas

Café do vulcão cabo-verdiano do Fogo chega ao gigante Starbucks

Uma parceria estabelecida entre empresários holandeses e cabo-verdianos está a levar o café da ilha do Fogo, produzido biologicamente junto ao vulcão, à gigante norte-americana Starbucks, a maior rede de cafés do mundo.

PremiumFintech Pagaqui investe nas criptomoedas

Empresa quer continuar próxima dos pequenos retalhistas e está a criar serviços para que os clientes paguem o café com moedas digitais.

Indígenas protestam junto da sede da Repsol contra petróleo no mar brasileiro

Um grupo de indígenas brasileiros, em conjunto com representantes do movimento de proteção ambiental 350.org, manifestaram-se hoje junto da sede da petrolífera Repsol em Madrid contra o uso de combustíveis fósseis, pedindo um “mar sem petróleo”.
Comentários