Emirates vai recrutar em Portugal. Salário superiores a 2 mil euros mensais

Lisboa, Braga, Porto e Faro são os destinos escolhidos pela companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos para recrutar assistentes de bordo em Portugal.

A companhia aérea Emirates vem a Portugal escolher os melhores para adicionar à sua equipa. A Emirates anunciou que vai marcar presença em Lisboa, Braga, Porto e Faro para recrutar assistentes de bordo para as suas viagens nacionais e internacionais.

A empresa anunciou que vai estar em Lisboa no próximo dia 25 de agosto, no Hotel Marriott, desde as 9 horas da manhã para recrutar os interessados em trabalhar com a companhia.

Em Braga, o dia também é aberto a quem quiser aparecer e tornar-se um colaborador da Emirates. A data para o distrito do Norte é no próximo dia 27 de agosto, também pelas 9 horas, no Hotel Melia Braga – Hotel & Spa.

No Porto, apesar de ainda não ser divulgado o local do recrutamento, sabe-se que terá lugar no próximo dia 17 de setembro pelas 9 horas da manhã.

A empresa vai ainda rumar ao sul do país, mais especificamente para Faro. O recrutamento vai acontecer no dia 19 de setembro, pelas 9 horas, num local ainda por anunciar.

Para quem estiver sediado no Dubai, a companhia paga alojamento ou uma compensação financeira. Os trabalhadores da Emirates têm direito a seguro de saúde e de vida.

Em relação a férias, a empresa garante o direito a 30 dias por ano, no mínimo. A companhia paga uma passagem de voo para regressar a casa por ano.

Um ordenado médio para o pessoal de cabine da Emirates atinge os 2.290 euros por mês, livres de impostos.

Quais os requisitos exigidos pela Emirates?

  • Mínimo de 21 anos de idade
  • Altura mínima de 1,60 centímetros (CM)
  • O braço precisa de atingir os 2,12 CM quando a pessoa estiver em bicos de pés
  • 12º ano de escolaridade concluído
  • Fluência em inglês escrito e falado
  • Sem tatuagens visíveis enquanto estiver a utilizar um uniforme da Emirates. A empresa não aceita que as tatuagens sejam cobertas.
  • “Capacidade para se adaptar a novas pessoas, novos lugares e novas situações
  • Fisicamente apto para este “papel exigente com um índice saudável de massa corporal”
Ler mais
Relacionadas

Companhias aéreas já estão a vigiar os seus passageiros com câmaras de vídeo

A Cathay Pacific é a mais recente transportadora a monitorizar os seus passageiros recorrendo à vigilância de vídeo.

TAP recua quatro posições no ranking das 100 melhores companhias aéreas mundiais

À frente da TAP estão companhias aéreas low cost como a Ryanair ou a Easyjet.

Emirates começa a voar para o Porto a partir de 2 de julho

“Além de oferecer um rica herança cultural e uma variedade de atrações turísticas, o Porto é também uma importante cidade de negócios e industrial, atraindo viajantes empresariais”, revelou a Emirates quando anunciou a rota em fevereiro.
Recomendadas

Telefónica analisa compra parcial da Oi, avaliada em 6 mil milhões

A Oi é detida em cerca de 5% pela Bratel da portuguesa Pharol, ex-PT SGPS, que por sua vez tem como acionista o Novo Banco com ​9,56%. E o BCP tem poder para vender os 9,99% da High Bridge por conta de uma dívida bancária não paga.

ASF aprova norma que estabelece qualificação adequada para vendedores de seguros

A ASF entende que o reforço da qualificação “em impacto na qualidade da prestação de serviços, na diminuição da conflitualidade e do número de reclamações, o que, por seu turno, acarreta consequências positivas em termos reputacionais e da imagem do setor”.

Portugal vai “perder 200 milhões de euros num ano” mas Altice não vai “estorvar” compra da TVI

O processo de compra da dona da TVI pela Altice, por 440 milhões de euros, caiu por terra em junho do ano passado, quando o grupo espanhol Prisa, dono da Media Capital, confirmou a desistência do negócio. Hoje Alexandre Fonseca voltou a criticar a Autoridade da Concorrência (AdC) por durante meses não se ter pronunciado sobre o negócio.
Comentários