Empreendedores da Altice Labs vão receber consultoria em propriedade intelectual

Inventa International assinou recentemente um protoloco de colaboração com o programa “Enter”. Haverá um consultório jurídico presencial, de forma a identificar os ativos de PI a proteger por cada uma das startups.

A empresa portuguesa Inventa International celebrou recentemente um protocolo de colaboração com o “Enter”, o programa de apoio ao empreendedorismo promovido pela Altice Labs. Através desta parceria, a consultora pode disponibilizar consultoria em propriedade intelectual (PI) aos empreendedores e startups que fazem parte deste grupo de inovadores.

A promoção dos mecanismos de PI será feita por via de duas abordagens distintas: um consultório jurídico presencial, de forma a identificar os ativos de PI a proteger por cada um dos empreendedores e das startups e eventos temáticos sobre cada um dos respetivos instrumentos necessários para proteger uma inovação (direitos de autor, patentes, marcas, designs, entre outros).

De acordo com a Inventa International, o foco específico da promoção dos mecanismos de PI neste programa será a investigação e desenvolvimento nas áreas de telecomunicações e de sistemas de informação.

“A Altice Labs é um dos catalisadores de inovação e empreendedorismo em Portugal, fortemente empenhada em apostar no desenvolvimento e investigação nas áreas de telecomunicações e sistemas de informação. Através do programa Enter e do Altice International Innovation Award, promove-se o reconhecimento no ecossistema de inovação nestas áreas, a nível nacional e internacional”, garante a consultora, em comunicado enviado às redações.

Recomendadas

A modernização “inevitável” de um setor tradicional como o da advocacia

Mesmo antes da aceleração que a pandemia promoveu, as sociedades de advogados de maior renome viviam já um processo de transição digital que facilitou a adaptação à advocacia remota.

O que dizem os advogados sobre a inovação na hora de servir o cliente

Líderes e responsáveis de inovação dos principais escritórios de advocacia em Portugal falam em compatibilidade entre deontologia e tecnologia, mas alertam para a necessidade de uma “sensabilidade acrescida” ou até de criação de comités para garantir o cumprimento dos deveres da profissão.

Premium‘Big Four’ afastadas da auditoria aos créditos a Luís Filipe Vieira

PwC estava a avaliar restruturação de créditos à Promovalor, mas como a firma audita contas do Benfica SAD, o Novo Banco terá de selecionar nova auditora.
Comentários