PremiumEndividamento das famílias com o valor mais alto em cinco anos

O endividamento dos particulares atingiu em janeiro máximos de 2016, aumentando 2,15 mil milhões de euros face ao mês homólogo do ano passado. Mais de 90% do financiamento foi feito junto de sociedades financeiras.

O endividamento das famílias aumentou para 141,4 mil milhões de euros no arranque do ano, o valor mais elevado desde janeiro de 2016. Os dados do Banco de Portugal (BdP) , publicados esta quinta-feira, revelam que em janeiro, quando o endividamento da economia – que agrega o Estado, empresas não financeiras e famílias – caiu para 743,7 mil milhões de euros, o endividamento dos particulares junto de sociedades financeiras atingiu 128 mil milhões de euros.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Presidente da República promulga aumento dos salários mínimo e da Função Pública (com áudio)

O Governo aprovou o aumento dos salários na passada quinta-feira em Conselho de Ministros.

Carga fiscal portuguesa ficou 1,3 pontos percentuais acima da OCDE em 2020

Segundo um relatório estatístico sobre receitas fiscais hoje divulgado pela OCDE, a carga fiscal em Portugal, que foi de 34,8% em 2020, ficou acima da média do conjunto dos países da organização, que foi de 33,5%.

Câmara do Seixal continua com poder para chumbar novo aeroporto de Lisboa

As autarquias da Moita e do Seixal chumbaram a localização do novo aeroporto do Montijo. Governo apresentou proposta para alterar lei, mas com a dissolução do Parlamento o diploma caducou, segundo o “Correio da Manhã”.
Comentários