#entraemcena. Esta fábrica vai ser palco de um bailado

Este mês, a fábrica da Renova em Torres Novas será o palco de um bailado em formato de vídeo dança, composto de três coreografias com música original.

Permitir que artistas possam lançar ideias e recolher investimentos para o desenvolvimento dos seus projetos. Este é o objetivo do movimento nacional #entraemcena, materializado em plataforma digital. Empresas, entidades públicas, fundações e marcas juntam-se para dar suporte aos artistas de todo o país em prol da cultura.

Trata-se de um  mercado digital lançado em março de 2020 para apoiar o setor das artes e da cultura, que reuniu já a promessa de investimentos no valor de um milhão de euros.

Neste contexto, este mês, julho, a fábrica da Renova será o palco de um bailado em formato de vídeo dança, composto de três coreografias com música original. Das várias propostas recebidas foram selecionadas três duplas de compositores e coreógrafos que passaram à fase final de criação. Com curadoria do maestro Martim Sousa Tavares, os ensaios e as gravações das duplas vencedoras já se encontram a decorrer nos espaços da Fábrica da Renova, para onde foram pensadas as criações que serão apresentadas em filme no último trimestre de de 2021.

Com a musica original de Edward Ayres d’Abreu, Carlos Zíngaro e Nuno da Rocha, coreografias de Fernando Duarte, Paula Pinto e Margarida Belo Costa, o bailado Renova fará parte do programa Renova Art Commissions, que tem promovido um diálogo muito ativo entre a marca e a mundivisão de criativos e do qual resultaram trabalhos nas áreas do design, mobiliário, fotografia, dança, moda e arquitetura, celebrando a criatividade e a originalidade

Recomendadas

Cantora Pink oferece-se pagar multa de seleção feminina norueguesa por usarem calções

“Estou muito orgulhosa da seleção feminina norueguesa de andebol de praia por protestar contra as regras sexistas relativamente aos seus ‘uniformes'”, escreveu a cantora no Twitter no passado domingo.

Ordem para inspirar e expirar no Douro

O The Vintage House, hotel nas margens do Rio Douro, no Pinhão, tem um programa de fim-de-semana.

Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís recebe candidaturas até 31 de julho

O Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís terá o valor de 10 mil euros e o livro premiado será editado pela Gradiva.
Comentários