Equipa de futebol brasileira vai jogar com camisolas manchadas de petróleo em protesto contra derrame

Através das redes sociais, o Bahia manifestou preocupação com o derrame de óleo que atingiu grande parte do litoral do Nordeste no Brasil. Junto com um manifesto que pede a punição dos responsáveis, o clube informou que a equipa usará no jogo contra o Ceará a t-shirt do equipamento tricolor com manchas de petróleo.

As equipas de futebol brasileiras Bahia e  Ceará vão-se defrontar pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, esta segunda-feira, no estádio do Pituaçu, em Salvador.

O mesmo estádio irá servir de palco para um protesto ambientalista por parte da equipa baiana, onde os jogadores usarão, durante o jogo, a t -shirt do equipamento de futebol manchada de petróleo. Em causa está o derrame de crude nas praias do Nordeste que começou em setembro.

No site do clube foi publicado um manifesto intitulado de “SOS Praia”. Na missiva destinada aos adeptos, lê-se:

“O problema é seu. O problema é nosso. Quem derramou esse óleo? Quem será punido por tamanha irresponsabilidade? Será que esse assunto vai ficar esquecido? O Bahia é você, somos nós, cada ser humano. (…). Jogaremos nesta segunda-feira (21), contra o Ceará, em Pituaçu, com a camisa do Esquadrão manchada de óleo.Um convite à reflexão: o que faz um ser humano atacar e destruir espaços sagrados? O lucro a qualquer custo pode ser capaz de destruir a ética  e as leis que regem e viabilizam a humanidade?”, apela a equipa do Bahia. 

As manchas de petróleo apareceram inicialmente na Paraíba e alastraram-se para 171 municípios dos nove estados nordestinos, informa o jornal Bahia. A substância encontrada é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenómeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impacto nas cidades do litoral. Até agora já foram atingidas 150 praias, sendo que na área da Bahia as manchas começaram a surgir no início de outubro.

Além de Itacaré, houve registo da substância nas cidades de Vera Cruz, Itaparica, Salvador, Jandaíra, Lauro de Freitas, Conde, Camaçari, Entre Rios, Esplanada e Mata de São João.

Dado a gravidade do problema, o Governo do Estado decretou estado de emergência. O decreto irá liberar fundos para as cidades mais prejudicadas, que, até então, têm feito a limpeza das praias, esclarece o jornal baiano. A origem das manchas ainda está sob investigação.

Ler mais
Recomendadas

Spamflix: o prefixo do streaming de culto

“Acreditamos que os nossos filmes são todos equivalentes e só no caso de filmes inéditos é que podemos aumentar o preço por um breve período”, afirmou Markus Duffner, um dos fundadores da Spamflix, em entrevista ao Jornal Económico.

Treze concelhos de Faro, Bragança e Portalegre em risco muito elevado de incêndio

Treze concelhos dos distritos de Faro, Bragança e Portalegre apresentam hoje um risco muito elevado de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Conheça a chave vencedora do Euromilhões

Em jogo está um ‘jackpot’ de 37 milhões de euros.
Comentários