Estes são os países mais corruptos do mundo

Segundo a Transparência Internacional, no ano passado, a maior parte dos países continuaram a fracassar na luta contra a corrupção, o que fez escalar uma crise democrática a nível mundial. As administrações menos transparentes do mundo integram no fim do índice com uma pontuação inferior a 20 pontos

O ‘ranking’ que avalia o nível de transparência das administrações públicas do mundo é composto por 180 países e destaca a Somália como o mais corrupto. O país da África Subsariana apurou uma pontuação de 10 pontos em 100, numa escala em que 100 significa “muito transparente” e zero “muito corrupto”.

Em segundo, aparece a Síria, que enfrenta uma das maiores guerras civis da história da nação e que soma uma pontuação de 13 em 100. O Sudão do Sul partilha o mesmo lugar, com igual pontuação.

De regresso ao Médio Oriente, o Iémen aparece em terceiro (ou na 176º posição) juntamente com a Coreia do Norte, ambos com 14 pontos em 100, na escala de transparência.

Portugal é o 30º país do mundo com as administrações públicas menos corruptas, tendo subido uma posição no período de um ano. O mais recente Índice de Perceção da Corrupção (CPI, na sigla inglesa), elaborado pela Transparência Internacional (TI) refere que a maior parte dos países continuaram a fracassar na luta contra a corrupção, o que fez escalar uma crise democrática a nível mundial.

Recomendadas

Portugal é o quinto país do mundo com maior venda de carros elétricos

Portugal integra na lista, aparecendo em quinto lugar, contudo é a China que lidera o caminho com mais de 2 milhões de veículos elétricos vendidos.

Uma semana no trânsito por ano: Lisboa entre as capitais mais congestionadas do mundo

Estudo da Intrix mostra que a capital portuguesa está no top30 mundial entre as cidades onde os condutores perdem mais tempo no trânsito. Como é noutras capitais mundiais?

HBO já chegou a Portugal. Que séries pode ver (ou rever)?

A partir desta segunda-feira, já pode subscrever o serviço de streaming da HBO Portugal, que disponibiliza todas as temporadas dos conteúdos mais populares e premiados da estação, por cinco euros.
Comentários