Estes são os países mais corruptos do mundo

Segundo a Transparência Internacional, no ano passado, a maior parte dos países continuaram a fracassar na luta contra a corrupção, o que fez escalar uma crise democrática a nível mundial. As administrações menos transparentes do mundo integram no fim do índice com uma pontuação inferior a 20 pontos

O ‘ranking’ que avalia o nível de transparência das administrações públicas do mundo é composto por 180 países e destaca a Somália como o mais corrupto. O país da África Subsariana apurou uma pontuação de 10 pontos em 100, numa escala em que 100 significa “muito transparente” e zero “muito corrupto”.

Em segundo, aparece a Síria, que enfrenta uma das maiores guerras civis da história da nação e que soma uma pontuação de 13 em 100. O Sudão do Sul partilha o mesmo lugar, com igual pontuação.

De regresso ao Médio Oriente, o Iémen aparece em terceiro (ou na 176º posição) juntamente com a Coreia do Norte, ambos com 14 pontos em 100, na escala de transparência.

Portugal é o 30º país do mundo com as administrações públicas menos corruptas, tendo subido uma posição no período de um ano. O mais recente Índice de Perceção da Corrupção (CPI, na sigla inglesa), elaborado pela Transparência Internacional (TI) refere que a maior parte dos países continuaram a fracassar na luta contra a corrupção, o que fez escalar uma crise democrática a nível mundial.

Recomendadas

Estes são os 10 homens mais admirados do mundo e Cristiano Ronaldo é um deles

O site “Yougov” divulgou esta sexta-feira o ranking dos 20 homens mais admirados a nível mundial em 2019 e nos primeiros dez surge o jogador português, à frente de nomes como Leonel Messi, Dalai Lama e Vladimir Putin.

Ronaldo na lista dos mais admirados em Portugal, mas Papa Francisco lidera

Na lista dos homens mais admirados em Portugal surgem personalidades internacionais mas também nacionais. Ronaldo não figura no top 3.

A mais admirada em Portugal não é Cristina Ferreira. Michelle Obama é a favorita dos portugueses

Tanto a nível mundial como nacional, Michelle Obama é a mulher mais admirada. Cristina Ferreira surge apenas em sétimo num ‘ranking’ baseado no estudo de opinião realizado pela empresa YouGov.
Comentários