Euribor caem e a três meses para um novo mínimo de sempre

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, também recuou hoje, para -0,447%, menos 0,018 pontos e muito próxima do atual mínimo de sempre, de -0,448%, verificado a 3 de setembro de 2019.

As taxas Euribor desceram esta quinta-feira a três, a seis e a 12 meses face a quarta-feira e no prazo mais curto para um novo mínimo de sempre. A Euribor a três meses desceu hoje para -0,489%, menos 0,016 pontos e novo mínimo de sempre.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, também recuou hoje, para -0,447%, menos 0,018 pontos e muito próxima do atual mínimo de sempre, de -0,448%, verificado em 03 de setembro de 2019.

No mesmo sentido, no prazo de 12 meses, a taxa Euribor caiu hoje para -0,368%, menos 0,029 pontos e contra o atual mínimo, de -0,399%, em 21 de agosto de 2019.

A evolução das taxas de juro Euribor está intimamente ligada às subidas ou descidas das taxas de juro diretoras do Banco Central Europeu (BCE).

As taxas Euribor acentuaram o valor negativo depois da indicação de Frankfurt de que vai manter as taxas de juro diretoras nos níveis baixos, em vez das subidas que se perspetivavam, e de que podem mesmo voltar a baixar, perante a pouca solidez do crescimento económico da zona euro.

A taxa de juro aplicada às principais operações de refinanciamento está em 0%, a taxa de facilidade permanente de cedência de liquidez em 0,25% e a taxa de facilidade permanente de depósito em -0,50%.

As taxas Euribor a três, a seis e a 12 meses entraram em terreno negativo em 2015, em 21 de abril, 06 de novembro e 05 de fevereiro, respetivamente.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Ler mais

Recomendadas

Diretores de jornais e revistas lançam apelo: diga não à pirataria

Numa iniciativa inédita, os diretores dos principais jornais e revistas de Portugal juntaram-se num apelo conjunto aos leitores para que digam não à pirataria. O jornalismo de qualidade só será viável se tiver o apoio dos seus leitores.

Mais de 80% dos pacientes infetados com Covid-19 estão a recuperar em casa

Segundo os dados hoje divulgados, existem 1.124 profissionais de saúde infetados pelo novo coronavírus (Covid-19) em Portugal.

Recorde. 10 milhões de norte-americanos perderam o seu emprego em duas semanas

Número semanal de pedidos de desemprego bate um recorde pela segunda semana consecutiva, atingindo os 6,6 milhões de trabalhadores. Em duas semanas, 10 milhões de norte-americanos perderam o seu emprego devido à pandemia da Covid-19.
Comentários