EuroBic reúne Assembleia Geral, mas adia eleição da administração

O ponto da agenda relativo à substituição da atual administração do EuroBic será adiado por “razões burocráticas”, segundo revelaram fontes próximas do processo. O Abanca, que voltou a analisar a compra do EuroBic, tem até ao dia 15, terça-feira, para avançar com uma proposta.

Os acionistas do EuroBic reúnem-se esta segunda-feira em Assembleia Geral, mas a eleição dos órgãos sociais será suspensa, segundo uma fonte ligada ao processo.

O ponto da agenda relativo à substituição da administração do EuroBic será adiado por “razões burocráticas”, segundo revelaram as nossas fontes.

Está previsto que José Azevedo Pereira e Pedro Maia sejam eleitos presidente executivo e presidente não executivo do banco detido em 42,5% por Isabel dos Santos e em 37,5% por Fernando Teles, substituindo Fernando Teixeira dos Santos e Diogo Barrote, atuais CEO e Chairman, respetivamente.

Também irão sair os administradores Rui Pedras, Pedro Almeida e Silva e Bernardo Espírito Santo. Só não sabem ainda é quando. Mas quando a proposta para a eleição dos novos órgãos sociais, que é o segundo ponto da ordem de trabalhos, for suspensa na reunião que decorrerá pelas 11h00 desta segunda-feira, ficar-se-á a saber quando irá ser susbtituída.

A administração do EuroBic acabou o seu mandato em dezembro de 2019.

Não foi possível saber as “razões burocráticas” que serão invocadas para suspender a mudança da administração. Mas poderá não ser alheio o facto de estar previsto que o Abanca avance com uma nova proposta de compra no dia seguinte.

Tal como o Jornal Económico avançou na sexta-feira, o Abanca voltou a estudar a compra do EuroBic.

O processo de venda do EuroBic, num contexto em que uma dos acionistas de referência [Isabel dos Santos] tem as ações sob arresto e, consequentemente, está impedida de exercer os respectivos direitos de voto, é uma preocupação do supervisor bancário que já fez saber aos acionistas da necessidade de avançarem com um processo de venda.

O EuroBic atraiu também o interesse do BNP Paribas e de fundos de private equity internacionais. O Haitong Bank, que também foi convidado a avaliar a compra do EuroBic, desistiu da operação, segundo noticiou o Eco.

Ler mais
Relacionadas

PremiumAbanca volta a estudar compra do EuroBic

O Banco de Portugal quer que a venda do EuroBic seja retomada. O Abanca, que tem um projeto de crescimento no país, foi convidado a avançar com nova proposta até dia 15 deste mês.
Recomendadas

Lucros do Bankinter afundam 50% para 220 milhões

Bankinter justifica recuo nos lucros com a realização de provisões devido à pandemia. Já o Bankinter Portuga viu os resultados antes de impostos recuarem 36% para 33 milhões de euros.

Bankinter tem queda de 50% nos lucros devido à pandemia de covid-19

O Bankinter assegura que está numa “situação muito melhor” do que os seus concorrentes, tendo o rácio de crédito mal parado melhorado em 22 pontos básicos, para 2,51%, apesar da atual conjuntura.

Conselho Geral do Novo Banco aprova hoje redução da administração executiva e continuidade de Ramalho

É hoje que é decidida a renovação do mandato para António Ramalho que se mantém presidente executivo do Novo Banco no próximo mandato de 2021-2024. O Conselho Geral de Supervisão vai reduzir o Conselho de Administração Executivo para seis membros e aprovar o novo plano de negócios.
Comentários