Eurodeputada Sara Cerdas eleita vice-presidente da comissão especial do cancro

a comissão terá como intuito definir objetivos e prioridades político no Parlamento europeu e um plano europeu de luta contra o cancro, de modo a melhorar a prevenção, diagnóstico precoce, tratamento e prestação de cuidados.

A eurodeputada madeirense, eleita pelo PS, Sara Cerdas, foi eleita vice-presidente da comissão especial do cancro no Parlamento Europeu. A comissão tem mandato de 12 meses e tem como intuito definir objetivos e prioridades político no Parlamento europeu e um plano europeu de luta contra o cancro, de modo a melhorar a prevenção, diagnóstico precoce, tratamento e prestação de cuidados.

“Espero que nesta comissão especial possamos encontrar estratégias concretas para reduzir os fatores de risco determinantes para o desenvolvimento da doença oncológica, através de uma aposta na prevenção primordial e primária, pois são estas as formas possíveis para criar maiores ganhos em saúde e poder fazer a diferença no bem-estar e na vida das pessoas”, diz a eurodeputada.

Sara Cerdas está a trabalhar no programa europeu da saúde EU4Health e preside o Grupo de Trabalho em Saúde no Parlamento Europeu.

Recomendadas

Madeira tem duas situações Covid-19 a serem rastreadas

Miguel Albuquerque referiu que está então a ser feito um trabalho de monitorização e testagem de toda a cadeia de contactos desses dois cidadãos, “no sentido de se prevenir uma situação que se pode eventualmente agravar”.

Madeira: “Não serão autorizados adeptos nos estádios em nenhuma circunstância”, diz Miguel Albuquerque

Estas medidas vão vigorar por 30 dias, sendo reavaliadas findo esse período.

Madeira: Hotéis vão passar a pagar ao IASaúde montantes que recebem dos turistas infetados

Esta medida impõe-se “no sentido de haver uma justa comparticipação nas despesas inerentes ao funcionamento destas mesmas unidades Covid”, referiu o Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque.
Comentários