Euronext e Nova SBE formam parceria para receber a primeira edição do TechShare em Portugal

A segunda edição da Techshare vai ter palco na Nova SBE pela primeira vez desde o lançamento do programa em 2015, tendo como principal foco o mercado de capitais e a presença de várias empresas tecnológicas.

A Euronext e a Nova School of Business and Economics (Nova SBE) vão formar uma parceria e trazer o campus da TechShare para Portugal pela primeira vez.

A conferência vai-se realizar nos dias 15 e 16 de março no pólo da Nova SBE e conta com um programa que reunirá mais de 100 empresas de tecnologia de 8 países diferentes.

Os principais executivos destas empresas de tecnologia vão trabalhar com professores da Nova SBE em workshops de grupo sobre tópicos relacionado com negócios, incluindo estratégia de internacionalização, liderança e cultura, enquanto as empresas de ciências da vida vão apresentar cursos sobre as especificidades de financiamento e crescimento no mercado de capitais.

Além disso, os participantes vão poder participar em sessões interativas com empresários listados na Euronext, bem como a oportunidade de assistir a debates sobre gerir e otimizar as relações na comunidade financeira.

”As empresas participantes do programa representam a vibração e a diversidade do ecossistema de tecnologia na Europa e abrangem uma ampla gama de setores, incluindo biotecnologia, tecnologia médica, electrónica, hardware, cleantech, software, serviços digitais, comércio electrónico, média e tecnologia financeira”, explica o comunicado. Em média, as empresas participantes geram receitas anuais de 14 milhões de euros e recrutam 93 funcionários.

Isabel Ucha, CEO da Euronext Lisbon, explica que “estamos muito satisfeitos por receber a segunda edição do TechShare com empresas europeias promissoras na principal escola de negócios aqui em Portugal. Estas empresas, selecionadas pelo seu talento inovador e forte desempenho, representam empresas ativas nas indústrias de TMT, ciências da vida e cleanteach – e a Euronext é sem dúvida a escolha europeia para expansão e crescimento.”

 

 

Ler mais
Recomendadas

Local Tuk Tuk investe em Madrid e cria novo negócio com os veículos

“O mercado espanhol é cerca de quatro vezes maior. Espanha é muito mais apetecível porque está a crescer”, refere o fundador, Filipe Figueiredo. Além das típicas tours, a empresa portuguesa apostou na venda e aluguer das viaturas. Em 2018, a faturação da empresa com esta unidade de negócio foi de cerca de um milhão de euros.

DefinedCrowd lança Neevo app

Empresa fundada pela portuguesa Daniela Braga disponibilizou aplicação mobile que permite a todos fazerem parte do futuro da Inteligência Artificial de forma mais eficiente e rápida.

“Tech Visa”: IAPMEI certificou 80 empresas desde janeiro

Em causa está o programa inscrito na Estratégia Nacional para o Empreendedorismo StartUP Portugal e que pretende apoiar as empresas a atrair recursos altamente qualificados para Portugal.
Comentários