Europa comemora a Semana Verde. Sugestões para diminuir a pegada ecológica (Parte I)

O mote de 2019 é o impacto da legislação ambiental da UE na vida dos cidadãos, que procura melhorar a qualidade da água e do ar, proteger a natureza e promover a reciclagem. Mas, para fazer realmente a diferença, a legislação precisa de ser aplicada no quotidiano dos cidadãos.

Estabeleça “metas verdes” para 2019

Seja um consumidor mais sustentável e diminua a sua pegada ecológica. O planeta agradece e os seus gastos também!

Há quase 20 anos que a Direção-Geral do Ambiente da Comissão Europeia organiza, durante o mês de Maio, a Semana Verde. Este é o maior momento para se discutir a política ambiental da EU, pois promove a informação e fomenta o debate entre os participantes ao nível europeu, nacional e local, por forma a gerar contributos para a elaboração e implementação de políticas.

O mote de 2019 é o impacto da legislação ambiental da UE na vida dos cidadãos, que procura melhorar a qualidade da água e do ar, proteger a natureza e promover a reciclagem. Mas, para fazer realmente a diferença, a legislação precisa de ser aplicada no quotidiano dos cidadãos.

Produtos que usamos regularmente, como os detergentes normais de limpeza (líquidos, em pó, em pastilhas, para roupa e loiça, e lava-tudo), têm um papel muito importante nos comportamentos, mais ou menos sustentáveis, das famílias. Na verdade, a maioria dos detergentes contém substâncias nocivas que podem prejudicar o ambiente e a saúde. Estes ingredientes não são retidas pelos sistemas de tratamento das águas, poluem rios e acabam nos nossos pratos e copos.

Como agir de modo a diminuir a nossa pegada ecológica?

Escolhendo os produtos que apresentam o Rótulo Ecológico Europeu, reconhecido como a certificação mais amiga do ambiente e que celebra já 25 anos.

Apontamos cinco razões principais para escolher produtos com este rótulo:

Poupar energia (e dinheiro) – Os testes certificam que os detergentes com Rótulo Ecológico Europeu são eficientes a baixas temperaturas, permitindo poupar energia e dinheiro. Exemplificamos com os detergentes da roupa concentrados que lavam a 30ºC com a máxima eficiência e o consumidor apenas precisa de colocar na máquina uma pequena porção.

Apoiamos e defendemos os direitos dos consumidores madeirenses. Procure-nos em: DECO MADEIRA na Loja do Munícipe do Caniço; Rua Doutor Francisco Peres; 9125 – 035 Caniço; deco.madeira@deco.pt

Ler mais
Recomendadas

Madeira: Governo Regional vai criar linha de crédito bonificada de cinco milhões de euros para setor primário

As medidas de apoio do Executivo regional ao setor agrícola e agroalimentar regional incluem ainda a aquisição às agroindústrias locais, para posterior redistribuição às Instituições de Solidariedade Social da RAM, até 120 mil euros de produtos lácteos diversos.

Cristiano Ronaldo e Jorge Mendes doam cinco ventiladores à Madeira

Para o Governo Regional, “a cedência destes equipamentos ao SESARAM e à Região vai aumentar a capacidade de resposta ao doente crítico no combate à pandemia”, juntando-se aos 99 ventiladores de que a região dispõe.

Madeira quer restringir para 120 o número de passageiros desembarcados

Miguel Albuquerque argumentou que esta não é uma questão de “autorizar ou facultar o regresso” dos madeirenses que querem regressar, considerando ser “humano e compreensível” que todos queiram estar com os seus entes queridos.
Comentários