PremiumFamília Queiroz Pereira procura novo CEO da Navigator até setembro

A seleção do novo CEO da Navigator está a ser conduzida pela consultora internacional Egon Zehnder. Deverá ser anunciado em setembro.

A Egon Zehnder foi a consultora internacional escolhida para selecionar um novo presidente executivo para a empresa de pasta e papel da família Queiroz Pereira, soube o Jornal Económico. O processo está a decorrer e segundo as nossas fontes o CEO deverá ser anunciado em setembro.

O facto de menos de 1% da faturação da The Navigator Company ser feita em Portugal, sugere que o futuro CEO (presidente executivo) da papeleira poderá não ser português. O que pode explicar a escolha de uma das maiores consultoras internacionais para fazer a seleção do CEO.

De resto, não é novidade a escolha de um gestor estrangeiro para o grupo de Queiroz Pereira. Heinz-Peter Elstrodt assumiu a presidência não executiva da Semapa. Heinz-Peter Elstrodt é especialista na transição de empresas familiares para a gestão profissional e em relações entre acionistas do núcleo familiar e os gestores profissionais da comissão executiva.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Lucros da banca sobem 133% em 29 anos, já o crédito a clientes subiu 862%

Desde 1990, verificou-se um aumento de concentração do sistema bancário português. Ao longo do período para o qual existe informação comparável, Portugal apresenta um nível de concentração superior ao da área do euro, o que poderá ser explicado pelo facto dos países mais pequenos tenderem a ter níveis de concentração mais elevados, explica o BdP.

Moody’s atribui ‘rating’ B2 com ‘outlook’ estável à TAP e ao empréstimo obrigacionista

Depois da Standard & Poor’s, é a vez da Moody’s iniciar a análise de ‘rating’ da companhia aérea nacional.

Moody’s atribui à dívida da TAP quinto nível de “lixo”

A agência de notação financeira norte-americana atribuiu o ‘rating’ “B2” à emissão de obrigações anunciada ontem.
Comentários