Feito em fibra de carbono e com engenharia de ponta. Violino português elogiado e premiado

Com um design inovador e engenharia de ponta, este violino português destronou 6 mil candidatos e venceu um prestigiado prémio internacional.

A IDEIA.M, estúdio de design sediado no Porto, foi distinguida com um iF Design Award 2018, um dos mais prestigiados prémios do mundo na área.

O violino AVA Royale, produzido pela IDEIA.M, foi o vencedor na categoria Produto/Lazer entre mais de 6 mil candidaturas. O instrumento, feito em fibra de carbono, afirma-se pelo design inovador e pela engenharia de ponta aplicada na sua construção.

O CEO da IDEIA.M., Júlio Martins, garante que o instrumento tem recebido críticas bastante positivas por parte dos músicos, o que reforça a sua qualidade. “É um exemplo de como um objecto cujo design se manteve cristalizado no tempo durante séculos pode evoluir sem perder a identidade”, reforça.

BMW, Ferrari e Apple são algumas das empresas que, ao lado a IDEIA.M, também foram distinguidas nesta edição do iF Design Award.

Relacionadas

Immunethep vence prémio Ibérico de empreendedorismo

Esta empresa portuguesa de biotecnologia venceu o prémio ibérico EmpreendedorXXI na categoria de Ciências da Vida.

Mulheres investigadoras recebem Medalha de Honra da L’Oréal Portugal

Carina Crucho, do Técnico, Dulce Oliveira, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera, Inês Bento, do Instituto de Medicina Molecular, e Margarida Fernandes, da UMinho, são as laureadas de 2018.
Recomendadas

Supremo Tribunal de Justiça confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

Embora o antigo presidente do Banco Privado Português (BPP) tenha sido condenado pelo Tribunal da Relação a uma pena efetiva de cinco anos e oito meses de cadeia, tal resultou do cúmulo jurídico das penas inferiores aplicadas aos vários crimes de falsidade informática e de falsificação de documentos dos quais foi considerado culpado.

Governo não altera medidas do estado de emergência. Plano de desconfinamento apresentado a 11 de março

António Costa referiu que as medidas adotadas têm continuado a produzir os efeitos desejados no controlo da pandemia. Plano de desconfinamento será feito de forma gradual, tal como aconteceu em 2020.

António Guterres é recandidato à liderança da ONU. Com que apoios pode contar?

António Guterres apresentou a recandidatura a um segundo mandato como secretário-geral da ONU a janeiro de 2021. O Governo elogiou o desempenho do antigo governante português nas Nações Unidas, durante um período especialmente “doloroso” e “desafiante”, tendo formalizado o apoio à sua recandidatura.
Comentários