Ferrovia perdeu mais de 20 milhões de passageiros em Portugal no primeiro trimestre

Portugal foi o sexto país da União Europeia que mais passageiros transportados por comboio perdeu no primeiro trimestre deste ano.

Portugal transportou 18,87 milhões de passageiros nos primeiros três meses do ano, altura em que o país registava um pico no número de casos e mortes por Covid-19 e vigorava ainda um novo confinamento.

De acordo com os dados do gabinete de estatística europeu Eurostat, divulgados esta quinta-feira, foram menos 20,65 milhões de passageiros quando comparados com o primeiro trimestre de 2020, altura em que a pandemia ainda não tinha confinado o país. Nos primeiros três meses de 2020, foram transportados 39,52 milhões de pessoas.

Nos primeiros três meses de 2020, apesar de incluir o primeiro mês de pandemia declarada em Portugal, março, contou, ainda assim, com mais passageiros do que no primeiro trimestre do ano anterior. Entre janeiro e março de 2019, tinham sido transportadas por comboio 37,14 milhões de pessoas.

Assim, Portugal foi o sexto país europeu que mais perdeu passageiros na ferrovia no primeiro trimestre de 2021 em comparação com o primeiro trimestre de 2020.  À frente surge a Irlanda, que perdeu 85% dos passageiros, ou menos 8,4 milhões. Segue-se a Grécia, com menos 66%, ou 2,6 milhões; e a Eslováquia, com uma quebra de 60% de passageiros, ou 9,8 milhões de pessoas.

Por outro lado, a Eslovénia, a Bulgária e a Roménia foram os países que menos perderam passageiros na ferrovia, com quebras de 11% na Eslovénia e de 19% na Bulgária e Roménia, a que correspondem 300 mil, 900 mil e 2,8 milhões de passageiros, respetivamente.

Recomendadas

WeWork chega ao mercado bolsista

Entrada no mercado de ações acontece depois do entrave criado pela pandemia e de uma Oferta Pública Inicial (IPO) falhada.

EDP inaugura centro de operações de parque eólico offshore Moray East na Escócia

Este centro de operações e manutenção agora inaugurado será responsável pela gestão diária de Moray East e a sua criação, além de impulsionar a estratégia de transição energética da EDP, contribui para o desenvolvimento da região, nomeadamente ao criar 100 novos postos de trabalho.

Parlamento debate financiamento da redução tarifárias nos transportes públicos. Veja em direto

Os deputados reúnem-se esta quinta-feira para debater vários projetos de lei, entre os quais os do PCP e PAN sobre o regime de financiamento permanente do programa de apoio à redução Tarifária nos transportes públicos. Veja em direto.
Comentários