FIFA promete banir clubes ou jogadores que disputem futura Superliga Europeia

“Qualquer clube ou jogador envolvido em tal competição não poderia, portanto, participar de nenhuma competição organizada pela FIFA ou das respetivas confederações”, pode ler-se em comunicado conjunto da FIFA e confederações

Os rumores de que estará iminente a criação de uma “Superliga Europeia” – que transformaria as ligas domésticas dos principais países europeus, fez com que a FIFA e as respetivas confederações continentais emitissem um comunicado a alertarem que não vão reconhecer a competição e que qualquer clube ou jogador envolvido não poderá participar nos torneios e ligas da FIFA ou das respetivas confederações.

No comunicado emitido, a FIFA e as seis confederações – AFC (Ásia), CAF (África), Concacaf (América Central/Norte), CONMEBOL (América do Sul), OFC (Oceania) e UEFA (Europa), afirmam que “gostariam de reiterar e enfatizar fortemente que tal competição não seria reconhecida pela FIFA ou pela respetiva confederação. Qualquer clube ou jogador envolvido em tal competição não poderia, portanto, participar de nenhuma competição organizada pela FIFA ou das respetivas confederações”.

De acordo com os estatutos da FIFA e das confederações, todas as competições devem ser organizadas ou reconhecidas pelo órgão competente no seu respetivo nível, pela FIFA a nível global e pelas confederações a nível continental. Nesse sentido, as confederações reconhecem o Campeonato do Mundo de Clubes da FIFA, no seu atual e novo formato, como a única competição mundial de clubes, enquanto a FIFA reconhece as competições de clubes organizadas pelas confederações como as únicas competições continentais de clubes.

“Os princípios universais de mérito desportivo, solidariedade, promoção e despromoção, e subsidiariedade são a base da pirâmide do futebol que garante o sucesso global do futebol e são, como tal, consagrados nos estatutos da FIFA e da confederação. O futebol tem uma longa história de sucesso graças a esses princípios. A participação em competições globais e continentais deve ser sempre vencida em campo”, lê-se no comunicado.

Recomendadas

Premium‘Dragões’ e ‘leões’ com os olhos no título e nos milhões

FC Porto e Sporting CP entram em campo separados por 10 pontos. Em causa está não só o título nacional, como a própria entrada direta na Liga dos Campeões que, no caso dos portistas, poderá levar a vendas de jogadores devido ao fair-play financeiro.

Porto-Sporting. Casas de apostas dão favoritismo ao campeão em título da I Liga

O jogo a contar para 21ª. jornada realiza-se no Estádio do Dragão, opondo o Porto, atual segundo classificado, ao Sporting, a equipa que lidera a I Liga. Dada a desvantagem de dez pontos do segundo classificado para o líder da tabela, o jogo é encarado como decisivo na corrida pelo título.

Presidente de comité organizador dos Jogos Olímpicos deseja público nas bancadas

A nova presidente do comité organizador dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, Seiko Hashimoto, disse que quer ter público nas bancadas do evento, adiado um ano devido à pandemia de covid-19.
Comentários