Filme “A Herdade” é candidato de Portugal aos Óscares 2020

A longa-metragem “A Herdade”, do realizador Tiago Guedes, é o candidato de Portugal a uma nomeação para o Óscar de melhor filme estrangeiro em 2020, anunciou hoje a Academia Portuguesa de Cinema (APC).

De acordo com um comunicado da Academia Portuguesa de Cinema, o filme foi escolhido pelos seus membros para representar Portugal na categoria de Melhor Filme Internacional nos Óscares da Academia Americana de Cinema para o próximo ano.

O filme teve estreia mundial na competição oficial do 76.º Festival de Cinema de Veneza, que terminou no sábado, onde o realizador Tiago Guedes foi distinguido com o Prémio Bisato d’Oro da crítica independente para Melhor Realização.

“A Herdade”, filme produzido por Paulo Branco, encontra-se agora no Festival de Toronto TIFF, marcando a primeira vez que um filme português é selecionado para a secção Special Presentations do festival.

A estreia em Portugal está marcada para o dia 19 de setembro.

Recomendadas

Marginal parcialmente fechada ao trânsito entre São Pedro e Parede por razões de segurança

“A segurança das pessoas e bens é primordial e é prioritária. Um incómodo hoje pode evitar uma tragédia amanhã”, argumenta a autarquia de Cascais.

Ministra garante que fecho da urgência pediátrica noturna no Garcia de Orta é temporário

A ministra da Saúde assegurou na segunda-feira que o encerramento à noite da urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, é temporário e que tentará que a situação “dure o menos tempo possível”.

Mau tempo: Dez distritos do continente sob aviso amarelo devido à agitação marítima

Dez distritos de Portugal continental vão estar na quarta e na quinta-feira sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
Comentários