‘Financial Times’: Há 14 empresas portuguesas na lista das que mais crescem na Europa

O ‘ranking’ FT 1000 coloca a startup Indie Campers na 38º posição e em primeiro lugar a nível nacional.

Há 14 empresas portuguesas que foram destacadas no último ranking do “Financial Times” (FT) das organizações que alcançaram a maior taxa de crescimento anual composta em receitas entre 2015 e 2018. O “FT 1000 – Europe’s Fastest Growing Companies 2020” colocou a startup Indie Campers, fundada em 2013, na 38º posição e em primeiro lugar a nível nacional. Segue-se a Bluwalk, a Vadeca Facility Services e a Binary Subject (360 imprimir).

O jornal britânico, que elabora esta tabela há quatro anos em parceria com a Statista, refere há empresas ágeis e inovadoras que estão a prosperar. Aliás, a concorrência está mais forte porque a taxa de crescimento mínima das empresas para fazer parte desta tabela foi de 38,4% (quando no ano passado tinha sido de 37,7%).

Recomendadas

Emirates assume que pode demorar até quatro anos para retomar atividade a 100%

A Emirates alertou que o período atual seria o mais difícil nos seus 35 anos de história e durante o mês de maio informou que estaria a ponderar cortar cerca de 30 mil postos de trabalhos de forma a reduzir os custos na crise provocada pela pandemia do coronavírus,

Marcelo diz que respeita escolha de Costa Silva pelo primeiro-ministro

Presidente diz respeitar as “escolhas feitas pelo primeiro-ministro quanto a colaboradores com importância e particular responsabilidade para missões específicas”, referindo-se ao novo conselheiro económico de António Costa.

De Bezos ao fundador do Zoom. Estes 8 bilionários ficaram mais ricos durante a pandemia

Numa altura em que muitas empresas se vêem aflitas para sobreviver aos impactos da Covid-19, algumas, cujo os serviços se tornaram essenciais, viram os seus lucros aumentar, fazendo com que, por sua vez, a riqueza dos seus donos também cresça.
Comentários