‘Financial Times’: Há 14 empresas portuguesas na lista das que mais crescem na Europa

O ‘ranking’ FT 1000 coloca a startup Indie Campers na 38º posição e em primeiro lugar a nível nacional.

Há 14 empresas portuguesas que foram destacadas no último ranking do “Financial Times” (FT) das organizações que alcançaram a maior taxa de crescimento anual composta em receitas entre 2015 e 2018. O “FT 1000 – Europe’s Fastest Growing Companies 2020” colocou a startup Indie Campers, fundada em 2013, na 38º posição e em primeiro lugar a nível nacional. Segue-se a Bluwalk, a Vadeca Facility Services e a Binary Subject (360 imprimir).

O jornal britânico, que elabora esta tabela há quatro anos em parceria com a Statista, refere há empresas ágeis e inovadoras que estão a prosperar. Aliás, a concorrência está mais forte porque a taxa de crescimento mínima das empresas para fazer parte desta tabela foi de 38,4% (quando no ano passado tinha sido de 37,7%).

Recomendadas

Empresa portuguesa desenvolve equipamento para criar quartos de pressão negativa

Tecnologia permite transformar quartos convencionais em quartos de pressão negativa para tratar doentes infectocontagiosos, bem como fazer a purificação do ar eliminando assim os vírus e bactérias e prevenindo a contaminação.

Santander Totta vai passar a pagar aos fornecedores a pronto pagamento

“Esta medida reforça o conjunto de outras que o Santander tem vindo a implementar para apoiar a economia e minimizar os impactos negativos provocados pela Covid-19, com especial foco na tesouraria e liquidez dos seus clientes”, referiu o Santander Totta.

Efacec vai para lay-off durante 30 dias a partir de 6 de abril

A empresa diz que o lay-off será aplicado “transversalmente a todos os níveis da organização”, tanto na modalidade de suspensão de contrato, como da redução temporária do horário de trabalho.
Comentários