Financiamento das administrações públicas caiu 600 milhões nos primeiros dois meses de 2019

Este valor é inferior aos 200 milhões de euros registados em igual período de 2018, de acordo com uma nota divulgada esta terça-feira pelo Banco de Portugal (BdP).

O financiamento das administrações públicas caiu 600 milhões de euros nos dois primeiros meses deste ano, um valor inferior aos 200 milhões de euros registados em igual período de 2018, de acordo com uma nota publicada esta terça-feira pelo Banco de Portugal (BdP).

Este documento indica também que desde o início de 2019, as administrações públicas financiaram-se no exterior em 2,1 mil milhões de euros, uma verba que foi mais do que compensada pela redução no financiamento líquido junto dos bancos residentes em 2,9 mil milhões de euros.

A mesma nota dá ainda conta de que o financiamento através de empréstimos líquidos de depósitos registou uma quebra de 4,6 mil milhões de euros, um valor que compensou o financiamento através de títulos de 4,0 mil milhões de euros.

Recomendadas

Bancos dão ordem para executar totalidade da Coleção Berardo

CGD, BCP e Novo Banco deram à execução penhores sobre 100% dos títulos de participação dados como garantia de créditos de mais de 900 milhões.

ASAE apanha talhos a vender carne falsificada e estragada

As principais infrações registadas foram o abate clandestino, a venda de produtos alimentares estragados ou falsificados e a fraude sobre mercadorias, tanto em talhos de rua como em superfícies comerciais.

Medina diz que verdadeiro debate é “se vamos ou não ser capazes de concertar a União Económica e Monetária”

Fernando Medina referiu este sábado que a questão central na Europa é que “o regime monetário não esta resolvido mais de dez anos passados sobre a crise”.
Comentários