Fintechs e Microsoft vão propor soluções de inovação tecnológica para a banca

Microsoft cria o primeiro programa para inovação tecnológica na banca com a Portugal Fintech. Seis instituições financeiras – Banco CTT, BBVA, CGD, Fidelidade, Novo Banco e Unicre – vão, durante três meses, ter soluções prontas a implementar para responder a cinco desafios desenhadas por startups de tecnologia financeira (fintech).

Microsoft

Seis instituições financeiras – Banco CTT, BBVA, Caixa Geral de Depósitos, Fidelidade, Novo Banco e Unicre – vão, durante três meses, ter soluções prontas a implementar desenhadas por startups de tecnologia financeira (fintech).

Um dos bancos envolvido no programa, o Novo Banco, disse em comunicado, que, atento ao crescimento que se tem vindo a assistir no ecossistema da inovação financeira, em Portugal, e do seu potencial, vai desafiar startups de tecnologia financeira (fintech) a desenhar soluções digitais inovadoras para serem testadas em propostas de valor para clientes do banco, no âmbito do programa Fintech365.

O Fintech365 é o novo programa da Microsoft, desenvolvido pela Portugal Fintech, ao qual, a par do Novo Banco, se associaram mais cinco instituições do setor financeiro e de seguros, e que vai decorrer durante os meses de março, abril e maio, de forma digital, e garantir acesso direto a gestores chave na banca e apoio à implementação de provas de conceito nas instituições financeiras.

O objetivo é desenhar o futuro dos serviços financeiros “proporcionando aos players da banca e a startups da área financeira um espaço de cocriação de produtos digitais inovadores, que acelerem a digitalização do setor”, lê-se no comunicado da Microsoft que criou o primeiro programa para inovação tecnológica na banca com a Portugal Fintech.

Esta cooperação entre fintechs e players da banca e seguros, “permitirá gerar sinergias e discutir novas ideias e tecnologias que possibilitem, com o suporte das plataformas tecnológicas da Microsoft, encontrar soluções que acelerem a digitalização do setor financeiro e de seguros, beneficiando, no final da linha, os consumidores dos produtos do setor”, explica o Novo Banco, um dos bancos que se associou ao programa da Microsoft

“Durante estes três meses, as fintechs vão beneficiar do acompanhamento de decisores-chave da indústria financeira em Portugal e também do suporte das plataformas tecnológicas da Microsoft”, lê-se na nota.

O Fintech 365 está dividido em quatro fases. A primeira consiste na “comunicação dos desafios e na alocação das startups à instituição financeira com que vão trabalhar”. Numa segunda fase, serão definidos os objetivos da prova de conceito, assim como os seus requisitos técnicos e legais. Na terceira fase, as startups vão partir para a implementação das suas propostas; e por fim, na fase final, os projetos serão apresentados “numa sessão onde se pretende extrair aprendizagens e definir estratégias de próximos passos”. Decorrem candidaturas até ao dia 5 de março para qualquer startup fintech estabelecida no mercado que tenha desenvolvido um produto tecnológico para o setor financeiro.
No comunicado,  António Ferrão (Portugal Fintech), responsável pelo programa, diz que “a Portugal Fintech tem como principal missão aproximar fintechs e incumbentes por forma a que a comunidade possa gerar sinergias que ajudem à digitalização da banca”.

O programa Microsoft for Startups está presente em 140 países e “já possibilitou a aceleração de milhares de startups tecnológicas, alavancando uma rede de parceiros global. Integrado neste programa, o Fintech365 permitirá estimular o ecossistema de startups já estabelecido, expandindo o seu negócio a clientes dos setores da banca e seguro, bem como incorporar novas startups no programa da Microsoft”, refere o comunicado.

“Na Microsoft, queremos potenciar o poder da tecnologia de forma a ajudar as organizações a inovar e criar novas oportunidades através da transformação digital. As startups são um elemento-chave no que respeita a inovação, uma vez que vão além dos limites e desafiam o status quo. Com a criação do Fintech 365, unimos as startups mais inovadoras e as principais instituições financeiras para ajudar a acelerar a sua transformação digital”, destaca no comunicado Andrea Rubei, Marketing and Operations Executive Director da Microsoft Portugal.

Ler mais
Recomendadas

UBS vai ser julgado na segunda-feira feira por fraude fiscal

O banco é suspeito de ter, entre 2004 e 2012, enviado ilegalmente vendedores França para convencer clientes a abrir contas não declaradas na Suíça.

Novo Banco confirma venda do portefólio de malparado ‘Projecto Wilkinson’

A entidade liderada por António Ramalho confirmou a venda da carteira por 216,3 milhões de euros em ativos ao fundo Davidson Kempner, que desta forma vão provocar um impacto “marginalmente positivo” nas contas.

CEO do Goldman Sachs anuncia investimento de 156 mil milhões de dólares na sustentabilidade

David Solomon, presidente e CEO da Goldman Sachs, anunciou o progresso anual rumo ao compromisso do banco norte-americano em termos de Sustainable Finance Commitment. O banco norte-americano quer que os EUA regressem ao Acordo de Paris.
Comentários