Fique a saber como pode poupar na cozinha

As placas a gás são dos equipamentos menos eficientes a transmitir calor. Escolha o bico adequado ao tamanho de cada panela ou frigideira. Se a chama ultrapassar o fundo do recipiente, ainda desperdiça mais energia.

Poupar é difícil! Queremos apoiar os consumidores nesta tarefa complicada. Comecemos pelos mitos relacionados com gestos quotidianos.

Na cozinha também é possível poupar!

O fogão é a melhor opção para ferver água

Se precisar de ferver 2 litros de água da torneira, que está mais ou menos a 15ºC, o fogão a gás tem uma eficiência muito baixa. Gasta mais de 450 Wh a fazer o trabalho, o que tem um custo de quase 8 cêntimos. Já um jarro elétrico de 2 kW aquece a água em cerca de 5 minutos. Estes equipamentos têm eficiências próximas dos 90%, consumindo apenas 210 Wh, ou seja, menos de 4 cêntimos.

Dica de poupança Se usar a panela de pressão em vez de uma normal, poupa até 30% de energia.

Os micro-ondas são os equipamentos mais eficientes para cozinhar

Depende do que preparar e, sobretudo, da quantidade que cozinhar. Para aquecer uma chávena de leite ou um prato de sopa, o micro-ondas é o equipamento mais eficiente. Mas, se precisar de cozer legumes para uma sopa destinada a 4 pessoas ou assar carne para o mesmo número de convivas, o fogão e o forno continuam a ser a melhor opção.

Dica de poupança –  As placas a gás são dos equipamentos menos eficientes a transmitir calor. Escolha o bico adequado ao tamanho de cada panela ou frigideira. Se a chama ultrapassar o fundo do recipiente, ainda desperdiça mais energia.

Procure-nos em: DECO MADEIRA está à sua espera na Loja do Munícipe do Caniço, Edifício Jardins do Caniço loja 25, Rua Doutor Francisco Peres; 9125 – 014 Caniço; deco.madeira@deco.pt

Ler mais
Recomendadas

Base de dados de matrículas deverá revelar que veículos não têm seguro

A ASF tem fortalecido o trabalho com as seguradoras para melhorar a fiabilidade da informação com as entidades públicas que disponibilizam informação sobre os carros, referiu esta sexta-feira Margarida Corrêa de Aguiar.

Receia entrar em incumprimento bancário? Conheça o PARI e evite complicações

O PARI (Plano de Ação para o Risco de Incumprimento) consiste num conjunto de procedimentos, obrigatórios por parte dos bancos, com a finalidade de prestar apoio ao cliente bancário e de evitar situações de incumprimento. Fique a saber tudo sobre esta medida que visa contribuir para uma relação mais próxima e bem informada entre a instituição financeira e os seus clientes.

Quer cancelar um débito direto? Veja as 3 formas possíveis

Autorizar um débito direto pode ser bastante útil para pagamentos rotineiros, pois permite que a entidade à qual tem de pagar o serviço retire o dinheiro automaticamente da sua conta, não tendo de se preocupar com datas e prazos para pagar. Mas sabia que pode cancelar um débito direto? Veja como, neste artigo.
Comentários