Funchal vai disponibilizar espaço público para testagem gratuita à covid-19

O Governo Regional da Madeira e a Associação Nacional de Farmácias assinam esta sexta-feira um protocolo para a realização de tetes gratuitos à covid-19.

O presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Gouveia, disse que o município vai disponibilizar o espaço público, para as farmácias do concelho, procederem à testagem massiva da população, na sequência do protocolo que será estabelecido, esta sexta-feira, entre a Associação Nacional de Farmácias e o Governo Regional da Madeira.

“Procurando ajudar a que a testagem seja feita de forma segura e eficiente, a Câmara Municipal do Funchal disponibiliza o espaço público do município para a instalação de locais de testagem, caso as farmácias assim o pretendam. Esta é uma forma do Funchal colaborar nesta missão de saúde pública, associando-se a este desígnio coletivo que é ultrapassar esta crise que estamos a viver”, afirmou Miguel Gouveia.

A região pretende iniciar a 26 de abril a testagem massiva da população ao coronavírus. Isto será feito através de um protocolo entre a Associação Nacional de Farmácias e o Governo Regional da Madeira, que será assinado esta sexta-feira.

A Madeira tem atualmente 266 casos ativos, 22 importados e 244 de transmissão local.

Recomendadas

PS destaca importância da bazuca europeia na recuperação económica da Madeira

O PS disse que é preciso encontrar estratégias que permitam que a região esteja melhor preparada para essa retoma económica, reforçando que a bazuca europeia será importante na importante “transformação desejada e necessária, embora adiada” que a região precisa.

Madeira deve utilizar 80% das verbas do React-EU em 2021

Serão utilizados 64 milhões de euros em 2021, no âmbito do React-EU, dos quais 32 milhões de euros serão para apoio às empresas, anunciou Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional da Madeira.

Concurso para a construção do Novo Hospital da Madeira pode ficar finalizado até início de 2022

Já está no terreno, desde a passada segunda-feira, a primeira fase da obra de construção do novo hospital, que inclui a escavação e contenções periféricas. O contrato para a fiscalização da obra deve ficar finalizado na próxima semana, disse Pedro Calado, vice-presidente do Governo da Madeira.
Comentários