Gabinetes de contabilidade podem funcionar, diz Ordem dos Contabilistas Certificados

Após os constrangimentos reportados no funcionamento de gabinetes de contabilidade, ao abrigo do estado de emergência, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais esclareceu a Ordem dos Contabilistas Certificados: as atividades de contabilidade podem manter-se em funcionamento.

O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais (SEAF), António Mendonça Mendes, esclareceu nesta quarta-feira, 8 de abril, que o decreto-lei do Estado de emergência prevê que são suspensas as actividades de prestação de serviços em estabelecimentos abertos ao público, com excepção daquelas que prestem serviços de primeira necessidade ou outros serviços considerados essenciais como as atividades de contabilidade. O esclarecimento chegou hoje à bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), Paula Franco.

Segundo a OCC, o SEAF remeteu, nesta quarta-feira, uma mensagem à bastonária da Ordem, no sentido de esclarecer a instituição e os seus profissionais sobre os constrangimentos reportados no funcionamento de gabinetes de contabilidade, ao abrigo do estado de emergência.

António Mendonça Mendes socorre-se do artigo 10.º do Decreto n.º 2-B/2020, de 2 de abril, que “acautela devidamente os estabelecimentos das empresas de contabilidade”, esclarecendo: “são suspensas as atividades de prestação de serviços em estabelecimentos abertos ao público, com exceção daquelas que prestem serviços de primeira necessidade ou outros serviços considerados essenciais na presente conjuntura, as quais se encontram elencadas no anexo II ao presente decreto”.

Deste modo, acrescenta a OCC, o governante conclui que “as atividades de contabilidade não devem ser consideradas estabelecimentos de prestação de serviços em estabelecimentos abertos ao público (como, por exemplo, as lavandarias), pelo que podem manter-se em funcionamento”.

O SEAF garante ainda que, através do Ministério da Administração Interna “será divulgado este mesmo entendimento pelas forças policiais”.

Mendonça Mendes termina a mensagem remetida para a bastonária afirmando que “caso persistam os constrangimentos ao funcionamento dos escritórios de contabilidade”, os mesmos devem ser reportados para a tomada de medidas adicionais.

Ler mais

Recomendadas

Governo tem 38 milhões para trabalhadores informais

Entre os requisitos para aceder ao apoio está “a vinculação ao sistema de proteção social durante 30 meses, findo o prazo de concessão do apoio (dezembro de 2020)”.

Exportações tombam 15,4% este ano e crescem 8,4% em 2021, segundo o Governo

A resolução do Conselho de Ministros que aprova o Programa de Estabilização Económica e Social foi publicada no sábado à noite no suplemento do Diário da República e inclui as previsões do Governo para 2020 e 2021 que não tinham sido apresentadas por António Costa.

Governo estima inflação com recuo de 0,2% em 2020 e aumento de 0,4% em 2021

A resolução do Conselho de Ministros que aprova o Programa de Estabilização Económica e Social foi publicada no sábado à noite no suplemento do Diário da República.
Comentários