Galp e Sonae SGPS impulsionam PSI 20 no fecho da sessão

Praça lisboeta encerrou a sessão desta quinta-feira com uma subida de 0,85% para 4.220,85 pontos, seguindo a tendências das suas congéneres europeias.

Benoit Tessier / Reuters

O principal índice bolsista português, PSI 20, terminou a sessão desta quinta-feira a valorizar 0,85% para 4.220,85 pontos, seguindo a tendência das suas congéneres europeias.

A fazer crescer o PSI 20 estiveram entre as principais cotadas portuguesas a Galp, que cresce 2,06% para 10,38%, para euros, a Sonae SGPS que valoriza 1,75%, para 0,69 euros e a F.Ramada que sobe 7,45%, para 3,75 euros.

A contribuir pela positiva esteve ainda a Navigator, que cresce 1,85%, para 2,31 euros, a NOS que sobe 3,25%, para 3,42 euros e a Corticeira Amorim que valoriza 1,74%, para 9,37 euros.

Em sentido negativo estiveram no fecho da sessão o BCP que cai 0,10%, para 0,09 euros, os CTT que descem 2,34%, para 2,08 euros e a Sonae Capital que desvaloriza 1,06%, para 0,46 euros.

“As principais bolsas europeias fecham a sessão em alta perto dos máximos do dia. A consideração da Organização Mundial de Saúde numa nova missão à China para descobrir a origem do coronavírus e as notas que deram conta de que os principais negociadores comerciais da China e dos EUA se vão encontrar na próxima semana sobre o progresso na implementação do acordo de Fase I na guerra comercial estiverem em destaque na sessão de hoje”, afirma Ramiro Loureiro, analista de mercados do Millenium investment banking.

Na Europa, todas as cotadas fecharam a negociar no ‘verde’. Na Alemanha, o DAX cresce 1,42%, no Reino Unido, o FTSE 100 sobe 1,41%, o francês CAC 40 valoriza 1,44%, o holandês AEX cresce 2,12%. Em Espanha, o IBEX35 valoriza 0,95% e o italiano FTSE MIB cresce 0,51%.

A cotação do barril de Brent valoriza 4,34%, com valor de 31,01 dólares, enquanto a cotação do crude WTI cresce 7,92%, para 25,91 dólares por barril.

No mercado cambial o euro valoriza 0,05%, para 1,07 dólares.

Ler mais

Recomendadas

Wall Street fecha semana no ‘verde’ à boleia das tecnológicas

Depois de uma semana difícil para os principais índices norte-americanos, os três fecharam esta sexta-feira com fortes valorizações. Investidores mostraram confiança nas ações das tecnológicas e deixaram para trás os temores dos efeitos da pandemia na economia.
Miguel Maya

PSI-20 acompanha Europa e encerra em queda. BCP fecha abaixo dos 8 cêntimos

O BCP sofreu uma desvalorização de 4,23% e a negociar nos 0,0792 euros e foi oi apenas uma das 14 empresas cotadas que encerram em baixa na sessão de hoje. PSI-20 recuou 1,33%, para 3.995,60 pontos.

Wall Street caminha para a quarta semana de perdas. Bolsa de Nova Iorque em baixa

Em contraciclo, com subidas, estão a Royal Caribbean, da Carnival e da Norwegian, depois de o Barclays recomendar a compra de ações destas companhias de cruzeiros porque se estão a aproximar de um “ponto de inflexão”.
Comentários