PremiumGalp Gás à venda com valor indicativo de 1.375 milhões de euros

O Bank of America tem estado a contactar potenciais investidores para comprarem 77,5% da empresa da Galp. Propostas chegam segunda-feira.

O prazo indicativo, dado pelo Bank of America Merrill Lynch, para os potenciais interessados na rede de gás natural da Galp Energia entregarem as propostas não vinculativas é já na próxima segunda-feira, dia 22.

O banco de investimento contratado pela Galp tem estado em contacto permanente com potenciais investidores e, segundo apurou o Jornal Económico, tem usado como guidance de preço o múltiplo sobre a base de ativos regulados pago pelos acionistas japoneses da Marubeni Corporation e da Toho Gás, em 2016, quando compraram uma posição qualificada de 22,5%. O múltiplo inerente a essa transação foi de entre 1,22 vezes e 1,25 vezes a base de ativos regulados que ronda os 1.100 milhões de euros.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Altice investe dez milhões de euros na expansão da rede de fibra ótica em dez municípios

Atualmente, a rede de fibra ótica da Altice serve mais de 5,1 milhões de lares e empresas, mas o objetivo da operadora é chegar às 5,3 milhões de habitações. O objetivo passa por tornar Portugal “num dos primeiro países europeus com cobertura integral de fibra ótica”.

Uber só aceita carros elétricos a partir de 16 de julho

Uber quer acelerar eletrificação da frota de automóveis disponibilizados na plataforma. Para já, medida será aplicada aos novos veículos que se registem na plataforma nas áreas de Lisboa, Porto, Braga e Faro, nos serviços UberX, o principal da empresa, e Uber Comfort. Já nos serviços Black e XL, a empresa vai continuar a permitir a inscrição de veículos a gasóleo ou gasolina na sua plataforma, mas somente se substituírem um veículo já registado.

Retrato: 10 números que ilustram a delicada situação que a TAP vive

A pandemia da Covid-19 mudou o destino da companhia aérea portuguesa. Os vários cenários em cima da mesa neste momento apontam para a possibilidade de nacionalização, conforme já avisou o Governo, ou para a saída de um dos acionistas privados da empresa, David Neeleman. Estes 10 números ajudam a compreender a delicada situação que a transportadora aérea vive.
Comentários