Gasóleo desce nove semanas depois. Gasolina sobe pela sexta semana

Gasolina sobe 1,5 cêntimos por litro nas estações das petrolíferas. Já nas marcas brancas, as subidas atingem os dois cêntimos por litro.

Nove semanas depois, sempre com subidas consecutivas, o gasóleo volta a descer. O combustível mais consumido pelos portugueses vai registar uma descida de 0,5 cêntimos de euro por litro, avançou ao Jornal Económico uma fonte do setor.

A gasolina, por sua vez, vai subir pela sexta semana consecutiva, com aumentos de 1,5 cêntimos de euro por litro na bombas de combustíveis das petrolíferas na próxima semana. Já nas bombas de marcas brancas, as subidas vão atingir os dois cêntimos de euro na próxima semana.

Conforme revelou o Jornal Económico esta semana, a diferença entre o gasóleo e a gasolina está em mínimos históricos. Abastecer um depósito a gasolina é mais caro do que atestar com gasóleo. Mas o estreitamento de preços tem vindo a acentuar-se. E, nos últimos quatro anos, a diferença de preço entre a gasolina e o gasóleo reduziu-se em 82%.

Na semana passada, a diferença entre um litro de diesel e um litro de gasolina encolheu para os 5,8 cêntimos,  segundo dados da Direção Geral de Energia e geologia (DGEG), o que representa um mínimo histórico. Ou seja, nunca a diferença entre os dois combustíveis foi tão curta.

Se recuarmos a 2015, por exemplo, a discrepância entre os dois combustíveis era de 32,5 cêntimos. O que quer dizer que, nessa altura, atestar um depósito com 50 litros de gasóleo ficava 16 euros mais barato que abastecer com gasolina.

Atualmente, e segundo os dados da DGEG, o preço médio do litro da gasolina 95 custa, em média, 1,475 euros, enquanto o litro do gasóleo vale 1,417 euros. A diferença, de 5,8 cêntimos por litro, equivale a uma poupança de pouco mais de 2,90 euros para o mesmo depósito de 50 litros.

 

Gasóleo ao preço da gasolina? Diferença está em mínimos históricos

Ler mais

Recomendadas

Exportações dos países lusófonos para a China sobem 0,06% em 2019

As exportações dos países de língua portuguesa para a China subiram 0,06% em 2019, em comparação com o ano anterior, de acordo com os Serviços da Alfândega chineses.

PremiumEstivadores avançam para greve total para durar até ao final de março

Sindicato dos Estivadores apresentou novo pré-aviso de greve, transformando a paralisação parcial em greve geral ao trabalho no porto da capital e prolongando o prazo até ao final do mês de março.

Ministério das Finanças manteve cativos 421,4 milhões de euros em 2019

Do montante de 421,4 milhões de euros de cativos registados em dezembro, “cerca de três quartos incidem essencialmente sobre despesas financiadas por receitas próprias, as quais dependem da respetiva arrecadação para se poderem concretizar, o que altera a natureza destes cativos”, lê-se no documento.
Comentários