Gorbachev critica “falta de sabedoria” de Trump pela retirada dos EUA do tratado nuclear

O último dirigente soviético, Mikhail Gorbachev, criticou este domingo, 21 de outubro, a “falta de sabedoria” de Donald Trump, por ter decidido a retirada dos Estados Unidos do tratado nuclear, assinado com a Rússia, em 1987.

“Em caso algum se devem quebrar os antigos acordos de desarmamento. É tão difícil entender que a recusa desses acordos não seja uma falta de sabedoria?… É um erro”, disse Gorbachev, à agência de notícias Interfax, qualificando a decisão de Trump como “muito estranha”.

No sábado, o Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou que os Estados Unidos projetavam retirar-se do Tratado sobre Forças Nucleares Intermediárias (INF) e sobre armas nucleares de alcance intermediário, assinado em 1987 pelos então presidentes dos Estados Unidos e da União Soviética (URSS), respetivamente, Ronald Reagan e Mikhail Gorbachev.

Segundo Gorbachev, a decisão dos norte-americanos “irá minar todos os esforços da URSS e dos líderes dos EUA para alcançar o desarmamento nuclear”, noticia a AFP.

“Todos os acordos concluídos anteriormente devem ser preservados porque contêm o que não é referenciado noutros documentos. Eles fornecem controlo, o que deve ser considerado valioso”, continuou.

“Washington não entende ao que isso pode levar?”, questionou o ex-líder soviético, apelando a “todos os que apreciam um mundo sem armas nucleares” a convencerem Washington a reconsiderar a sua decisão e “preservar a vida” na Terra.

Moscovo reagindo às declarações de Trump, afirmou que tal decisão é “um passo muito perigoso”.

Ler mais
Relacionadas

Ministro dos Negócios Estrangeiros alemão alerta EUA para as consequências da saída do acordo nuclear

Heiko Mass avisa para os efeitos tanto na Europa como em futuros esforços de desarmamento, relativos ao abandono dos EUA de um tratado internacional que visa eliminar uma classe de armas nucleares.

Respostas Rápidas: Qual é o tratado nuclear com a Rússia que os EUA vão abandonar?

O presidente do Estados Unidos anunciou este fim de semana a retirada do país do tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermédio (INF). A Rússia considera “um passo muito perigoso”.

EUA vão retirar-se de tratado sobre armas nucleares assinado com a Rússia na Guerra Fria

“A Rússia não respeitou o tratado. Então, vamos por fim ao acordo e desenvolver as armas”, afirmou Donald Trump.
Recomendadas

Trump será o primeiro líder estrangeiro a reunir-se com o novo imperador do Japão

O Presidente norte-americano, Donald Trump, será o primeiro líder estrangeiro a reunir-se com o novo imperador do Japão, Naruhito, em maio, anunciou na quinta-feira a Casa Branca.

Venezuela: Jornalista sueca expulsa do país assim que aterrou em Caracas

Uma jornalista sueca foi expulsa na quinta-feira da Venezuela assim que chegou ao aeroporto de Caracas, informou o Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa (SNTP) do país.

Congressista luso-americano diz que relatório Mueller ignorou abusos do FBI

O congressista luso-americano Devin Nunes reagiu à divulgação do relatório do procurador-especial Robert Mueller, considerando que este “ignorou uma série ampla de abusos” que teriam sido “cometidos durante a investigação do FBI” à campanha de Donald Trump.
Comentários